Sem seleção brasileira, Copa das Confederações começa neste sábado

By -

Rússia e Nova Zelândia abrem neste sábado (17), às 11 horas (horário de Manaus), a décima edição da Copa dos Confederações. O jogo, válido pelo grupo 1 da competição, que também tem Portugal e México, será disputado no estádio Krestovsky, onde o Zenit São Petersburgo costuma mandar suas partidas.

Será a primeira vez que o torneio contará com apenas uma seleção campeã do mundo, a Alemanha. Em 2013, foram quatro as equipes que já haviam ganho uma Copa. Além do Brasil, país-sede, Itália, Uruguai e Espanha fizeram a edição com segunda maior média de público da história, 50.291 pagantes, e a melhor média de gols, 4,25 por jogo.

Serão três seleções estreantes, Portugal, atual campeão da Europa; Chile, time que venceu as duas últimas edições da Copa América, e a Rússia, que sediará o Mundial de 2018. Com sua formação titular, a equipe lusitana desponta como a principal favorita ao título. Cristiano Ronaldo, mesmo com pouco tempo de descanso após disputar a final da Champions League pelo Real Madrid, é a grande estrela, ainda mais com a ausência da equipe principal da Alemanha. Portugal estreia no domingo (18), ao meio-dia, contra o México.

O técnico alemão Joachim Löw leva à Rússia apenas três jogadores que participaram da campanha do tetra, no Brasil, em 2014, Mustafi (Arsenal), Ginter (Borussia Dortmund) e o meia-atacante Draxler (Paris Saint-Germain). A opção da comissão técnica foi utilizar a Copa das Confederações para testar jogadores que possam ser convocados para o Mundial de 2018. O “time B” germânico conta com seis estreantes: Demme (RB Leipzig), Demirbay (Hoffenheim), Plattenhardt (Hertha Berlin), Sandro Wagner (Hoffenheim), Stindl (Borussia Mönchengladbach) e Younes (Ajax).

Roberto Brasil