Seleção olímpica do Brasil vai jogar na Arena da Amazônia

By -

amistosos-selecao-olimpica-futebolPalco de seis jogos de futebol da Rio 2016, a seleção brasileira olímpica irá disputar dois amistosos na Arena da Amazônia Vivaldo Lima, em outubro. O primeiro será no dia 9 (uma sexta-feira), às 20h, contra a República Dominicana, e o segundo no dia 12 (feriado nacional de Nossa Senhora Aparecida), às 18h, diante do Haiti. Ambos os jogos pelo horário de Manaus.

O anúncio partiu da própria Confederação Brasileira de Futebol (CBF), nesta segunda-feira (28), no Rio de Janeiro, e foi confirmado pelo diretor-presidente da Fundação Vila Olímpica, Aly Almeida, responsável direto pela gestão da Arena da Amazônia e integrante do Comitê Manaus 2016, que tem como coordenador estadual, Mário Aufiero, e municipal, Bernardo Monteiro de Paula.

Um representante da CBF virá a Manaus nesta terça-feira e deverá estar à tarde na Vila Olímpica, para tratar de detalhes importantes que cercam os dois amistosos.

“Vamos discutir valores de ingressos, hotel, segurança que o governo vai dar com a presença de batedores, visita aos campos de treinamento Colina e Carlos Zamith, entre outros assuntos”, informou o titular da FVO.

As negociações para a vinda da seleção olímpica começaram no ano passado, durante várias reuniões em que o próprio Aly Almeida e outros membros do Comitê Manaus 2016 participaram, junto ao Comitê Organizador dos Jogos Olímpicos e Paralímpicos Rio 2016 e à própria CBF.

“Queremos mostrar também as academias que temos nos dois COTs e, se não forem suficientes, poderemos utilizar as academias da Atala e da Cagin, sem nenhum ônus para o Estado”, acrescentou o gestor.

Convocados

Nesta segunda-feira, além do anúncio de Manaus como sede dos dois amistosos, a CBF divulgou a lista com os 22 jogadores convocados para os dois confrontos na capital amazonense (ver abaixo).

A seleção brasileira comandada por Dunga e que tem como auxiliar, o técnico da seleção sub-20, Rogério Micale, já está garantida na Rio 2016, por ser a anfitriã dos Jogos. Os amistosos servem para ajustar a equipe, independentemente de quem sejam os adversários, de acordo com a comissão técnica.

Chance única

Aly Almeida acredita que os amistosos deverão levar um grande público à Arena da Amazônia, até porque pode ser a única chance de ver os comandados do técnico Dunga em ação, a dez meses do início dos Jogos.

“Provavelmente não vamos ver a seleção olímpica aqui, durante a competição, ela deve jogar no Sudeste. Por isso faço um convite para toda a população do Amazonas e dos estados vizinhos para vermos, ao vivo, a equipe que irá representar o Brasil. Vamos colocar o nosso status de segurança, saúde e a organização que já temos utilizado em outros eventos na Arena, com pessoas experientes, em prol do sucesso desses jogos”, frisou.

Seleção principal

Durante o encontro que terá com o representante da CBF, Aly Almeida pretende sugerir mais uma vez que Manaus receba ao menos um jogo da Seleção principal do Brasil, que começa a disputar as Eliminatórias para a Copa do Mundo de 2018, na Rússia, também em outubro.

“Nossa intenção é ver essa possibilidade, nem que seja contra países vizinhos como Venezuela, Bolívia e Peru”, disse.

Confira a lista dos 22 convocados para os amistosos em Manaus

Goleiros

Ederson – Benfica

Uilson – Atlético Mineiro

Laterais

Maicon – Livorno

Zeca – Santos

Wendell – Bayer Leverkusen

Douglas Santos – Atlético Mineiro

Zagueiros

Marlon – Fluminense

Lucão – São Paulo

Dória – Granada

Rodrigo Ely – Milan

Meias

Lucas Silva – Olympique de Marselha

Rodrigo Caio – São Paulo

Fred – Shaktar Donetsk

Walace – Grêmio

Felipe Anderson – Lazio

Valdívia – Internacional

Atacantes

Kenedy – Chelsea/ENG

Vitinho – Internacional

Gabriel Jesus – Palmeiras

Luan – Grêmio

Gabriel – Santos

Vinícius Araújo – Cruzeiro

Fonte: CBF

Roberto Brasil