Sejusc realiza conferência regional metropolitana de LGBT para discutir discriminação e promover cidadania

By -
bandeira-lgbtO Governo do Amazonas, por meio da Secretaria de Justiça, Direitos Humanos e Cidadania (Sejusc), realizará, nos dias 16 (quarta-feira) e 17 (quinta-feira) de dezembro, das 8h às 14h, a 1ª Conferência Regional Metropolitana de Políticas Públicas, de Direitos Humanos e Promoção da Cidadania de Lésbicas, Gays, Bissexuais, Travestis e Transexuais (LGBT).

 
O encontro será no auditório Senador João Bosco da Assembleia Legislativa do Amazonas (avenida Mário Ypiranga, 3.950, Parque Dez, zona centro-sul) e vai contar com representantes de Manaus, Iranduba, Manacapuru, Novo Airão, Rio Preto da Eva, Presidente Figueiredo, Itacoatiara, Careiro da Várzea, Manaquiri, Careiro-castanho, Autazes, Itapiranga e Silves.
 
O tema deste ano é “Por um Amazonas Livre de Discriminação: Promovendo a Cidadania de LGBT”, com objetivo de discutir propostas de trabalho de acordo com a realidade de cada localidade e, principalmente, propor diretrizes para a implementação de políticas públicas voltadas ao combate à discriminação e à promoção dos direitos humanos e cidadania do público-alvo. As propostas serão votadas para serem discutidas na etapa estadual que deverá acontecer no mês de janeiro em Manaus.
 
Vão participar das discussões  sociedade civil, poder público e demais interessados, sendo que este último, apenas como observadores/ouvintes. “É uma pauta importante para o público LGBT com um tema que envolve toda a sociedade. Nesse encontro, além de discutir propostas para serem levadas à conferência estadual também serão eleitos os delegados para representar o município e concorrer a vaga de delegado para a fase nacional em Brasília no ano que vem”, explicou a titular da Sejusc, Graça Prola.
 
As conferências já aconteceram em duas mesorregiões do Amazonas (Baixo Amazonas e Juruá) e em ambas houve eleição de propostas e de delegados.e em todas houve eleição de propostas e de delegados.

Roberto Brasil