Segurança reforçada garante tranquilidade na Parada do Orgulho LGBT

By -

seguranca-lgbt-1A operação integrada coordenada pela Secretaria de Segurança Pública do Amazonas (SSP-AM) para a Parada do Orgulho LGBT, no último sábado (26), no Sambódromo, zona Centro-Oeste, garantiu a tranquilidade do evento, que não teve o registro de ocorrências graves e reuniu um público de 6 mil pessoas.

Com um efetivo de cerca de 400 servidores, as ações dos órgãos foram monitoradas pelo Centro Integrado de Comando e Controle do Amazonas (CICC-AM), na Avenida André Araujo, e pelo Centro Integrado de Comando e Controle Local (CICC-L),  montado em um camarote do Sambódromo.

seguranca-lgbt-2De acordo com o secretário-executivo-adjunto de Planejamento e Gestão Integrada da SSP-AM, Dan Câmara, o planejamento  da operação contou a participação da Associação da Parada do Orgulho LGBT, que esteve reunida com todos os órgãos estaduais e municipais, para compor as ações de segurança. “Esse é um diferencial em nossos projetos de operação integrada. Eles são discutidos não só entre os órgãos, mas entre as organizações e associações dos eventos, que trazem suas perspectivas e necessidades, e conseguimos efetuar uma ação consistente de segurança para todos os envolvidos”.

Ele afirma que todas as ações garantiram a segurança do evento, que teve início às 17h, e terminou por volta das 3h da manhã deste domingo (27). “Tivemos apenas quatro registros de ocorrências, dentre elas um furto e um caso de porte de drogas. Todas as demandas foram prontamente atendidas, com um tempo de resposta rápido e eficiente”, garante Dan Câmara.

seguranca-lgbt-3Participam da operação os órgãos do Sistema de Segurança Pública: Polícias Civil e Militar, Corpo de Bombeiros, Departamento Estadual de Trânsito do Amazonas (Detran-AM), Corregedoria-Geral e Ouvidoria-Geral do Sistema de Segurança Pública, Instituto Integrado de Ensino de Segurança Pública (Iesp), Gabinete de Gestão Integrada e Centro Integrado de Operações de Segurança (Ciops).

Pela Prefeitura de Manaus participaram da operação:  as secretarias municipais de Assistência Social e Direitos Humanos (Semasdh), do Trabalho, Empreendedorismo, Abastecimento, Feiras e Mercados (Semtef), de Meio Ambiente (Semmas), o Instituto Municipal de Engenharia e Fiscalização de Trânsito (Manaustrans) e a Superintendência Municipal de Transportes Urbanos (SMTU).

seguranca-lgbt-4A Polícia Militar atuou na segurança ostensiva do evento, com policiamento a pé, motorizado e velado. Os policiais estavam divididos na parte interna e externa do Sambódromo, garantindo a segurança e tranquilidade do evento. A Polícia Civil reforçou a segurança com o Grupo Força Especial de Resgate e Assalto (Fera).

O Corpo de Bombeiros coordenou as ações de socorro de emergências médicas e incidentes. O evento contou também com servidores das secretárias de saúde do estado e município (Susam e Samu). Não foram registradas ocorrências de socorro e salvamento. O Detran-AM, Manaustrans e SMTU, agiram de forma integrada para a mobilidade urbana, o trânsito se manteve tranquilo e sem retenção durante o evento, e não foram registrados ocorrências de trânsito. “Todos os grandes eventos que acontecem no Amazonas contam com esse diferencial, que é a integração de todos os órgãos e a solução de demandas em tempo real”, disse Dan Câmara.

Roberto Brasil