Governo do Amazonas distribui kits de ajuda humanitária em Humaitá

By -

 

A cota do rio Madeira alcançou a marca de 24,05 metros, valor considerado de alerta

A cota do rio Madeira alcançou a marca de 24,05 metros, valor considerado de alerta

O Governo do Estado, por meio do Subcomando de Ações da Defesa Civil do Estado do Amazonas (Subcomadec) vai distribuir nesta quarta-feira (26), em Humaitá (a 590 quilômetros de distância da capital), kits de ajuda humanitária com material de limpeza, higiene, além de utensílios como colchões, lençóis, travesseiros e barracas destinada à população afetada pela cheia dos rios no município.

 

O titular da Defesa Civil estadual, coronel Roberto Rocha, irá acompanhar a ação e avaliar as condições de emergência do município e de sua população, que, nesta terça-feira (25), registrou a cota do rio em 24,05 metros, valor considerado de alerta, já que a maior cheia enfrentada por Humaitá, em 1993, alcançou a marca histórica de 24,58 metros.

 

Paralelo às visitas nos municípios afetados pela subida dos rios, que já atinge as cidades de Guajará, Ipixuna, Boca do Acre, Envira e Lábrea, a Defesa Civil está em constante contato com o Governo Federal, alertando sobre possível pedido de apoio na redução dos transtornos oriundos da cheia.

 

O secretário de Defesa Civil do Amazonas enviou ao secretário de Defesa Civil nacional, general Adriano Perez, um planejamento de resposta que define o apoio aéreo nas as áreas isoladas, para abastecer com remessas de ajuda humanitária os municípios de Boca do Acre, Humaitá e Lábrea, que passam por dificuldades de abastecimento, pois a maioria do abastecimento que os mesmo recebem são provenientes das capitais de Porto Velho e Rio Branco.

 

Redação