Secretário pode ter que pagar indenização a jornalista

By -
Elvys Damasceno

Elvys Damasceno

O ex-Secretário Municipal de Juventude, Esporte e Lazer, Elvys Damasceno, pode ser condenado a pagar indenização por dano moral ao jornalista e blogueiro Marcell Mota, na próxima segunda-feira, 09. A audiência de instrução e julgamento em processo de indenização e dano moral por injúria, calúnia e difamação contra o jornalista acontecerá no Fórum Desembargador Mário Verçosa, às 08:00hs.

O FATO

O fato aconteceu em junho de 2013, quando Elvys, ainda exercia a função de subsecretário na Semdej, e o jornalista noticiou em seu blog uma denuncia de que o gestor “utilizava a máquina pública para benefício próprio”, através de convênios entre a secretaria e a Federação de Jiu-jítsu do Amazonas (FJJAM). Época em que Elvys acumulava as funções de presidente da federação e subsecretario.

Marcell Mota

Marcell Mota

A denúncia foi parar no Ministério Público, que pediu ao secretário o afastamento de imediato da função de presidente da federação. A denuncia do blogueiro levou Elvys Damasceno e seus seguidores no Facebook, a fazer uso de suas redes sociais para ameaçar, caluniar e denegrir a imagem do jornalista.

Já foram realizadas duas audiências de conciliação, mas a defesa de Elvys Damasceno, não ofereceu nenhuma proposta e a audiência de instrução e julgamento está marcada a próxima segunda-feira, dia 9.

Se condenado pelo juízo da 15º Vara do Juizado Especial Cível, o ex-Secretário terá de pagar a quantia de 40 salários mínimos, o equivalente a R$ 28.960,00 ao jornalista. Elvys concorreu ao pleito em duas eleições municipais para vereador em Manaus, se condenado, segundo a “Lei de Ficha Limpa” o secretário poderá ficar impedido de participar nas próximas eleições.

 

Mario Dantas