Se Eduardo Cunha falar, o “estrago” será maior do que o “mensalão” e a “Lava Jato”

By -

eduardo-cunha-maos-juntas

Tudo começará com a inevitável cassação do deputado Eduardo Cunha, nos próximos dias.No STF, avançam os processos contra o ex-presidente da Câmara e sua esposa. A prisão parece iminente, para alguns juristas. Tal cenário confirmado, o que poderá acontecer? Dependerá de Eduardo Cunha e esposa abrirem “a boca”, em delação premiada.Foi assim, com quase todos os denunciados e detidos.

Pelo que se conhece, a delação de Eduardo Cunha terá alcance muito maior, do que todas já consumadas, até o momento. Atingirá em cheio personagens, não apenas da política, mas com grande intensidade da classe empresarial e até “parcerias suspeitas” com lideranças de trabalhadores. Eduardo Cunha especializou-se em firmar “pactos”, dividir “vantagens” e agir em sociedade informal, na busca de vantagens ilegais recíprocas.

Dessa forma, firmou o conceito de quem não era “de ganhar sozinho”.Essa qualificação, até bem pouco tempo, atraia muitos “sócios desonestos”, desde o governo FHC. Se Eduardo Cunha falar, definitivamente a República sofrerá “estrago” maior do que o “mensalão” e a Lavajato”.Só resta aguardar, o tempo passar// Ney Lopes

Mario Dantas