Sandra Braga sugere ao Ministério da Saúde parceria com Coca-Cola para combater mosquito transmissor da dengue e do zika vírus

By -

SenSandraBraga_MinSaude_Zarazua_fotoVagnerCaravlaho (Small)

A senadora Sandra Braga (PMDB-AM) e o presidente da Coca-Cola do Brasil, Xiemar Zarazúa, levaram ao Ministério da Saúde uma proposta de parceria para reforçar o trabalho do governo federal no combate ao mosquito Aedes aegypti, transmissor da dengue, do zika vírus e da chikungunya. Em audiência realizada nesta terça-feira (8/12), Zarazúa colocou à disposição do ministro Marcelo Castro toda a estrutura da Coca-Cola no país para colaborar com uma campanha nacional de combate ao mosquito.

 

A empresa quer ajudar o ministério na comunicação do governo com a população. Em se tratando de um trabalho de conscientização, multiplicar as informações na sociedade é fundamental para conscientizar o brasileiro da necessidade da participação de todos para deter, sobretudo, a epidemia do zika vírus, que vem produzindo centenas de casos de microcefalia. Na conversa com o ministro, a senadora deu seu testemunho do sucesso dos projetos conjuntos que o governo do Amazonas já realizou com a Coca-Cola.

 

“Em oito anos de administração Eduardo Braga no Amazonas, a Cola-Cola teve conosco uma parceria muito efetiva. Todo o nosso trabalho transformou-se em projetos sociais e culturais muito bem-sucedidos”, atestou a senadora, ao destacar que “o combate à epidemia do zika vírus é do interesse de todos”.

 

O presidente da Coca-Cola afirmou estar ciente do problema e da necessidade de acelerar o processo de comunicação com a população para vencer o mosquito. Zarazúa lembrou ao ministro que a empresa possui mais de um milhão de postos de venda e mais de 400 cooperativas espalhadas por todo o Brasil. “Temos enorme capilaridade para ajudar na comunicação que o ministério precise fazer, utilizando inclusive nossos caminhões para levar informação e colaborar no que for possível”, destacou o presidente da empresa.

 

Nestes tempos em que uma tampinha de garrafa pode se transformar em criatório do mosquito, o ministro aceitou de pronto a oferta. “Essa parceria é muito importante para nós, tendo em vista que o problema principal é mobilizar e conscientizar a sociedade”, disse Marcelo Castro.

Mario Dantas