Samuel Xavier brilha e faz a luta da noite no Selva Combat 3, em Manacapuru

By -
O público lotou o galpão da Ciranda Flor Matizada para prestigiar o evento

O público lotou o galpão da Ciranda Flor Matizada para prestigiar o evento

Num combate duríssimo, o coadjuvante Samuel Xavier foi o destaque do Selva Combat 3, evento de MMA que agitou o município de Manacapuru (a 84 quilômetros de Manaus) na noite de sábado (25). O evento foi prestigiado pelo secretário municipal Wanderley Barroso (Segov), que representou o prefeito Jaziel Alencar.

Com apoio da torcida que foi ao galpão da Ciranda Flor Matizada, Samuel (Black Belt Silva/Manacapuru) mostrou um vasto repertório técnico para vencer o valente Bruninho Souza (Coari) por nocaute técnico a 1min15 do terceiro round, no combate que valeu o cinturão dos pesos galos (até 61 kg).

Luta-Manacapuru-Selva-Combat-3_01O visitante vinha sofrendo com os chutes e socos de Samuel, porém contra-atacava com eficiência graças ao seu muay thai bem afiado. Mas no terceiro round não teve jeito: Samuel acertou um chute certeiro na linha de cintura de Bruninho, que foi ao chão. Na sequência, o lutador de Manacapuru só completou a vitória no ground and pound.

“Dedico essa vitória para a minha equipe, minha família e todos os amigos que vieram aqui torcer para mim”, disse Samuel, que recebeu o cinturão da empresária Sônia Maria Lima (Personal Clinic).

Luta-Manacapuru-Selva-Combat-3_02LUTAS PRINCIPAIS

Quem também brilhou no Selva Combat 3 foi Morramad Araújo, que conquistou o cinturão dos leves ao vencer Cicatriz (Manacapuru) por interrupção médica no começo do combate. O lutador da casa sofreu uma luxação no tornozelo esquerdo.

Na luta principal, Magno Radazinho (Manacapuru) empatou com Gaudêncio Grandão (Kratos Top Team). O representante do interior manteve o cinturão do peso combinado até 75 kg.

Luta-Manacapuru-Selva-Combat-3_04Jovens estreantes voltam para Manaus com vitória. É o caso de Márcio Henrique (Leo Top Team), que Tcheule Marques (Caapiranga) por finalização numa das melhores lutas do card preliminar, pelo peso mosca (até 57 kg).

Roberto Brasil