Sabino Castelo Branco será transferido hoje para São Paulo

By -

Segundo o médico Felix Paul, do Hospital Sírio Libanês, Sabino terá “muito chão pela frente”

O deputado Sabino Castelo Branco será transferido às 7h desta terça-feira (15) para o Hospital Sírio Libanês, de São Paulo. Ele passou por duas cirurgias nesta segunda (14), no Hospital Samel, depois de sofrer um Acidente Vascular Cerebral (AVC) hemorrágico. De acordo com a equipe médica do hospital paulista, composta por três membros, ainda há risco de morte. O voo que levará Sabino sairá do Terminal 2 do Aeroporto Internacional Eduardo Gomes, o Eduardinho.

Um dos médicos do Sírio Libanês, Dr. Felix Paul, explicou sobre o que já foi feito e o que será feito até a transferência do deputado.

“Precisamos de muito cuidado nos próximos passo que vão ser tomados. Ele tem uma condição, agora, de uma pressão arterial um pouquinho baixa, que nós estamos corrigindo com drogas, e o ponto mais importante era saber como está o fluxo sanguíneo cerebral. Isso foi feito agora, num dopler transcraniano, que mostrou o que o fluxo está presente; tem alterações, que a gente esperava que tivesse mesmo, por conta da catástrofe que houve com o cérebro dele, e a melhor coisa a se fazer é estabilizar a pressão arterial hoje à noite e amanhã cedo partir para São Paulo, mais estável. Como eu disse, tem muito chão pela frente. Muita coisa pode acontecer ainda. E cada dia, cada hora, cada momento é um coisa que a gente tem que atuar, ou não, para fazer essas coisas se equilibrarem”.

Os médicos que vieram de São Paulo foram, além de Felix Paul, José Erasmo Lúcio e Dayene Souza. O trio elogiou o trabalho feito pela equipe médica da Samel, nas duas intervenções cirúrgicas que foram feitas.

Desde a madrugada e o restante desta segunda-feira, acompanharam o deputado Sabino Castelo Branco os médicos Denis Raid, neurocirurgião responsável pelas duas cirurgias, Dirce Onetti, Daniel Fonseca e Fabiane Marques, os três intensivistas da Samel, além do uro-oncologista Cristiano Paiva, da Urocentro Manaus.

“Quero também destacar a presença constante dos proprietários da Samel, Ricardo Nicolau e Luiz Alberto, que estão aqui até agora”, disse Cristiano Paiva à reportagem do D24am, há pouco.

D24AM

Roberto Brasil