Rotta apresenta emendas para garantir recursos ao estado do Amazonas

By -
Dep. Marcos Rotta

Dep. Marcos Rotta

O deputado federal Marcos Rotta (PMDB-AM) apresentou diversas emendas parlamentares ao orçamento para garantir recursos para o estado do Amazonas e municípios. Entre as áreas priorizadas pelo parlamentar estão infraestrutura, saúde e educação.

Rotta destinou R$ 1 bilhão para a elaboração e implementação do sistema de monitoramento de cheias e vazantes da Bacia Amazônica. O sistema vai facilitar a prevenção de desastres, permitir socorro rápido às vítimas e a recuperação da área atingida. O dinheiro também vai permitir a aquisição de equipamentos de socorro mais modernos, como lanchas, barcos e helicópteros de resgate.

“Tendo em vista a capilaridade dos rios amazônicos e o difícil acesso a municípios e comunidades carentes, um sistema de monitoramento permitirá à defesa civil realizar estudos de impactos prévios, além da instalação de bases de acompanhamento nas regiões com histórico mais calamitoso”, justificou Rotta ao solicitar o valor.

Tefé – Esperada há mais de 30 anos pelos comerciantes e demais moradores de Tefé, a infraestrutura da Feira Municipal está próxima de tornar-se realidade. Emenda parlamentar apresentada por Rotta no início deste ano foi empenhada. Em breve, o recurso estará disponível ao governo municipal.

A feira responde por uma parcela significativa da economia local. Cerca de 80% dos moradores dependem da agricultura como fonte de renda e subsistência. Os alagamentos são constantes e não há área adequada para exposição dos produtos. Há ainda recursos para investimentos em saúde no município.

Para Manaus, o deputado federal destinou R$ 3,5 milhões. A maior parte – R$ 1,5 milhão – será investida em saúde. O restante é voltado para infraestrutura e construção de prédios públicos, como a sede do Tribunal Regional do Trabalho (TRT).

A saúde indígena será contemplada com recursos para a reforma e ampliação das Casas de Saúde Indígena do Amazonas. De acordo com o último censo do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), há 168,6 mil indígenas no estado. Uma população negligenciada em alguns aspectos, como no atendimento à saúde.

“Os indígenas atendidos pelos polos-bases do Alto Solimões, Alto Rio negro e Baixo Amazonas estão entre os que mais sofrem com a precariedade do atendimento de saúde. As lideranças indígenas cobram, com razão, melhorias nas estruturas e no funcionamento das Casas”, detalhou o parlamentar.

O deputado requereu ainda valores para elaborar e implementar terminais pesqueiros apropriados à conservação, refrigeração, armazenamento e transporte da produção do estado. Com vistas ao fortalecimento do Turismo, Rotta requisitou recursos para modernização e ampliação de aeroportos e aeródromos na região Amazônica.

Os municípios de Tabatinga, Presidente Figueiredo, Manacapuru e Coari foram contemplados pelos pedidos de emendas, no valor total de R$ 9,3 milhões. Na área de educação, Rotta solicitou recursos para que a Universidade Federal do Amazonas melhore sua infraestrutura física e pedagógica.

Roberto Brasil