Roessing será coordenador do CNJ na Região Norte

By -
Cláudio Roessing

Cláudio Roessing

O desembargador Cláudio Roessing, do Tribunal de Justiça do Amazonas (TJAM) será o coordenador do Conselho Nacional de Justiça (CNJ) para a Região Norte. A convocação foi feita pela ministra Nancy Andrighi, do Superior Tribunal de Justiça, corregedora nacional de Justiça no biênio 2014-2016, por meio da portaria nº 54.A portaria foi publicada ontem e enviada à presidente do TJAM, desembargadora Graça Figueiredo. Roessing recebeu a notícia transferindo a honraria para a Corte de Justiça do Amazonas que, segundo ele, está sendo prestigiada pelo conselho, haja vista que sua nomeação é um reconhecimento nacional a um dos membros da Corte de Justiça do Amazonas.

Ao sair na sexta-feira (19) do gabinete da presidente Graça Figueiredo, onde comunicou a nomeação, Roessing informou que na próxima terça-feira (23) viajará para Brasília onde terá uma reunião de trabalho com a ministra, quando serão discutidos as primeiras ações das coordenadorias regionais.

A tomar posse no final do mês agosto deste ano, na Corregedoria do CNJ, a ministra Nancy instituiu um grupo de trabalho da Coordenação de Controle Regional das cinco regiões do país – Norte, Sul, Sudeste, Nordeste e Centro-Oeste. Como coordenador da região Norte, o trabalho do desembargador amazonense será assessorar a Corregedora Nacional de Justiça na análise de informações prestadas pelos Tribunais de Justiça. Também acompanhará os trabalhos desenvolvidos pelas Corregedorias Estaduais, em razão de sua atribuição; auxiliar na fiscalização e execução das orientações, determinações e metas fixadas pela Corregedoria Nacional de Justiça. O grupo também será composto por juízes de 2º Grau, designados pela Corregedoria Nacional de Justiça e exercerão suas funções sem prejuízo da jurisdição.

Perfil

Cláudio César Ramalheira Roessing foi eleito desembargador do Tribunal de Justiça do Amazonas (TJAM) no dia 29 de setembro de 2009. O juiz, que ocupava a 2ª Vara Cível e vinha compondo o Pleno do TJAM, foi eleito com 11 votos, pelo critério de merecimento.

Filho de Ermelinda e Ernesto Roessing, Claúdio Roessing chegou ao cargo de desembargador após 23 anos de carreira na magistratura. Graduou-se em Direito em 1982, pela Universidade Federal do Amazonas (Ufam). É pós-graduado em Direito Civil e Processual Civil pelo Centro Integrado de Ensino Superior do Amazonas (Ciesa) em 1999 e possui Mestrado em Direito pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), em 2004.

Mario Dantas