Rodoviários paralisam atividades na Vega Transportes

By -

empresa-vegaO Sindicato das Empresas de Transporte de Passageiros do Estado do Amazonas (Sinetram) informa que na manhã desta terça-feira (8), colaboradores da empresa Vega Transportes não cumpriram seus itinerários, alegando o não pagamento do adiantamento salarial. A empresa opera com 77 carros em 12 linhas das zonas Norte e Centro-Oeste onde, aproximadamente, 10 mil pessoas foram prejudicadas.

De acordo com o assessor jurídico do Sinetram, Fernando Borges, as empresas efetuaram o pagamento de 30% do adiantamento do salário dos colaboradores nesta segunda (7), sendo que os outros 30% devem ser pagos amanhã (9), e o restante no próximo dia 10, quando a prefeitura deve efetuar o pagamento de uma das sete parcelas atrasadas do subsídio .

“Apesar de ser feriado, a população não pode ser prejudicada pela falta de um serviço público essencial como é o transporte coletivo. Ontem (segunda-feira), as empresas efetuaram, através de empréstimo financeiro, o pagamento de parte do adiantamento e a outra metade está prevista para a próxima quarta e quinta-feira. Esperamos que a operação volte ao normal o mais rápido possível”, explicou.

Na última sexta-feira (4), o Tribunal Regional do Trabalho (TRT) acatou o pedido do Sinetram e estabeleceu que 70% da frota operasse normalmente mesmo em caso de greve, sendo vedado pela ordem judicial o fechamento das garagens. A multa imposta pelo TRT é de R$ 200 mil por dia em caso de descumprimento da decisão.

Remanejamento de linhas

Para que os usuários de alguns bairros das zonas Norte e Centro-Oeste, onde a empresa possui linha, não fosse prejudicados, o Acordo Operacional (ACOP) do Sinetram, realizou o remanejamento de ônibus de outras empresas cumprir o itinerário da Vega Transportes.

Roberto Brasil