Rodoviários ganham 8% de reajuste em dissídio coletivo

By -

Os salários dos rodoviários de Manaus ficando atrás apenas de São Paulo e Rio Grande do Sul

O Tribunal Regional do Trabalho (TRT) concedeu reajuste de 8% no salário da categoria, no tíquete alimentação e vale lanche, além de 20% de adicional de insalubridade para motoristas e cobradores.

A decisão foi tomada durante audiência realizada nesta quinta-feira (30), na sede do TRT.

 

De acordo com o assessor jurídico do Sindicato das Empresas de Transporte de Passageiros do Estado do Amazonas (Sinetram), Fernando Borges, as empresas não dispõem de viabilidade econômica para arcar com qualquer percentual de reajuste.

 

“As concessionárias não têm como arcar com mais esses custos.  O poder público não estabeleceu isso em planilha de modo que nós não temos como cumprir essa decisão de 8%, além dos benefícios”, destacou Borges.

Áida Fernandes