Rodoviários ameaçam paralisar atividades nesta quarta

By -
A greve ocorrerá devido ao não cumprimento de reivindicações da categoria

A greve ocorrerá devido ao não cumprimento de reivindicações da categoria

O Sindicato dos Trabalhadores em Transportes Rodoviários de Manaus anunciou paralisação de 70% da frota de transporte coletivo de Manaus nesta quarta-feira (16). A medida foi anunciada através de documento protocolizado pelo secretário-geral da entidade Élcio Campos Rego ao o Sindicato das Empresas de Transporte de Passageiros de Manaus (Sinetram). A decisão foi tomada em assembleia da categoria ocorrida no último dia 7. 

Na tarde de ontem (14), o Sinetram entrou com pedido de liminar no Tribunal Regional do Trabalho (TRT) para suspender a greve e aguarda a decisão da Justiça para tentar impedir o ato. A desembargadora Francisca Rita é a magistrada que irá analisar a decisão sobre a liminar.

Conforme o documento redigido pelo Sindicato dos Rodoviários, a greve ocorrerá devido ao não acato às reivindicações da categoria, que é a assinatura do processo de dissídio coletivo do período 2016/2017, além do cancelamento imediato de compensação de horas extras e feriados de todos os funcionários. O Sindicato informa, que houve tentativa de acordo com os órgãos Sinetram e SMTU.

O documento ainda informa que 30% da categoria irá manter as atividades durante a greve: “cumprindo os prazos e notificando os interessados com antecedência além do previsto, como também estamos à disposição para a negociação até a data prevista para a realização da greve geral”, disse em nota.

com EMTEMPO

Roberto Brasil