Reunião discute lei ambiental para produção de mel de abelhas sem ferrão

By -

comissao-agricultura-reuniaoUma reunião técnica com pesquisadores, cientistas e representantes da comunidade discutiu, na manhã desta sexta-feira (20), a aplicação da legislação ambiental para criadores de abelhas sem ferrão (meliponicultores). A reunião foi realizada pelo presidente da Comissão de Agricultura, Pecuária, Pesca, Abastecimento e Desenvolvimento Rural (CAPPADR) da Assembleia Legislativa do Amazonas (Aleam), deputado Dermilson Chagas (PEN).

Em pauta, o licenciamento ambiental do Instituto de Proteção Ambiental do Estado do Amazonas (Ipaam) para a atividade econômica, que anualmente gera a produção de 12 mil toneladas de mel. Atualmente, as leis em vigor só contemplam a produção de mel de abelhas com ferrão. O grupo também discutiu a legislação para o beneficiamento do mel menípolas. A reunião é um desdobramento da audiência pública que discutiu os entraves para o desenvolvimento da atividade no amazonas no último dia 29 de abril.

Para Dermilson Chagas, a reunião técnica é mais um avanço para que a atividade seja contemplada nas leis ambientais e em linhas créditos no Amazonas. “A meliponicultura é uma atividade de baixo impacto ambiental e sustentável, os produtores precisam de amparo na legislação para ampliar a produção”, explicou.

No próximo dia 6 de junho, o grupo de pesquisadores; técnicos de órgãos ambientais e de produção rural; e produtores rurais se reúne na Aleam para discutir as normatizações e preceitos básicos para o beneficiamento e comercialização do mel de abelhas sem ferrão.

Roberto Brasil