Retirados flamboyants mortos na avenida Álvaro Maia

By -

flamboyants-mortos-alvaro-maia-colagemTrês flanboyants que apresentavam podridão no tronco e em avançado estado de decomposição foram retirados na manhã deste sábado, 9, do canteiro central da avenida Álvaro Maia.  As árvores apresentavam risco de queda e acidentes. A ação faz parte do trabalho de manejo da arborização urbana, do Programa Manaus Verde e Viva, desenvolvido pela Prefeitura de Manaus, por meio da Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Sustentabilidade (Semmas). A ação foi acompanhada por técnicos da Semmas e executada pela equipe de corte e poda da Secretaria Municipal de Limpeza Pública (Semulsp).

Nos locais, será feito o replantio de mudas de árvores da mesma espécie para manter a identidade da arborização do local. De acordo com a Gerência de Corte e Poda da Semmas, a ação é preventiva. “As árvores foram monitoradas durante um tempo, mas a morte constatada e elas apresentavam risco iminente de queda”, explicou o diretor Técnico-Operacional da Semmas, Lucas Ourique.  Segundo ele, uma delas já havia sofrido a queda de um galho de grande porte.

O trabalho de manejo da arborização tem como finalidade manter a estabilidade das árvores e evitar a ocorrência de quedas. As análises de risco permitem que as supressões necessárias sejam realizadas de modo preventivo. No total, o canteiro central da avenida Álvaro Maia possui 68 pés de flanboyants. Na área, são feitas, regularmente, podas de levantamento de copa para manter as árvores equilibradas e fortalecidas, com mais resistência às intempéries.

 

Roberto Brasil