Raimundo Lira é escolhido novo líder do PMDB no Senado

By -

Lira substituirá Renan Calheiros e terá a missão de unir a maior bancada do Senado

O senador Raimundo Lira (PMDB-PB) foi escolhido nesta terça-feira (4) o novo líder do partido. A informação foi dada pelos senadores Romero Jucá (RR), Renan Calheiros (AL) e Kátia Abreu (TO), após reunião da bancada.

No posto, Raimundo Lira terá a missão de “unir” e “harmonizar” a bancada do partido, a maior do Senado, com 22 parlamentares.

Raimundo Lira substitui na função Renan Calheiros (AL), que deixou o posto de líder na semana passada.

Renan anunciou na última quarta-feira (28) que havia decidido deixar a liderança por não ter “a menor vocação para marionete” do governo.

Ao anunciar a saída, Renan fez duras críticas a Michel Temer e afirmou que não “tolera” a postura “covarde” do presidente diante do “desmonte” das leis trabalhistas.

Por se tratar do partido de Michel Temer, os peemedebistas passaram a buscar nos últimos dias um perfil que tivesse bom relacionamento com o presidente e que apoiasse as reformas trabalhista e da Previdência Social.

Impeachment de Dilma

No ano passado, Raimundo Lira presidiu a comissão especial do Senado que analisou o impeachment da então presidente Dilma Rousseff.

À época, o senador afirmou que o momento político que o país vivia era “histório, de importância ímpar”. Quando o impeachment foi votado no plenário, Raimundo Lira votou a favor da cassação do mandato de Dilma.

(Com G1)

Roberto Brasil