Raimundo Acioly assume Delegacia Geral de Polícia Civil e Orlando Amaral vai para a Secretaria de Segurança Pública

By -

delegados

O delegado Raimundo Acioly, que estava como Delegado Geral Adjunto, subiu de cargo e a partir desta segunda-feira assume a vaga deixada por Orlando Amaral, que depois do Supremo Tribunal Federal de considerar inconstitucional as leis estaduais que promoveram comissários a delegados de polícia no Amazonas, teve de deixar comando da Polícia Civil.

Mas, para quem pensava que Orlando Amaral, iria ficar sentado nos corredores de uma delegacia, se enganou. Ele assume a partir desta segunda-feira (28) como secretário ajunto da Secretaria de Segurança Pública, onde comandará o núcleo de operações do órgão.

A notícia foi dada pelo governador José Melo (PROS) na manhã desta segunda-feira na reinauguração da Escola Estadual Manoel Marçal de Araújo, localizada na rua Parintins, nº 832, bairro da Cachoeirinha, Zona sul de Manaus.

“Desde a última sexta-feira já tomado essa decisão. Ordem judicial não se discuti, se cumpre”, disse José Melo, falando a respeito da decisão do STF que determinou que os 124 comissários de polícia que estavam atuando como delegado beneficiados por duas leis estaduais voltassem ao cargo para o qual foram aprovados em concurso público.

José Melo disse ainda que por está proibido por lei não terá como fazer ainda este ano concurso público para delegados de polícia civil. “Com a queda da arrecadação e por causa da lei estou impedido de dar aumento ou fazer promoções. Não posso aumentar a folha”, garantiu o governador, afirmando que concurso público e promoções somente ocorrerão em 2016.

Mario Dantas