Prova Brasil começa a ser aplicada aos alunos da rede municipal

By -

prova-brasil-semed-01A Prova Brasil começou a ser aplicada, nesta segunda-feira, 9, para os mais de 28 mil alunos de 5º e 9º anos do Ensino Fundamental da rede municipal de ensino de Manaus. Ao todo, até a próxima sexta-feira, 13. 292 escolas da Secretaria Municipal de Educação (Semed) receberão a avaliação desenvolvida pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep/MEC). A avaliação é um dos componentes para o cálculo do Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb).

Os 20.081 alunos do 5º ano e 8.422 alunos do 9º ano, totalizando 28.503 da rede municipal, têm duas horas e 30 minutos para concluir a avaliação, com questões de Língua Portuguesa e Matemática, além do Questionário do Aluno. A prova é acompanhada por aplicadores do Ministério da Educação (MEC) e por professores da escola.

Na Escola Municipal Professora Francisca Pereira de Araújo, localizada no bairro Flores, zona Centro-Sul, quatro turmas do 9º ano passaram pela avaliação. A aluna Ádria Maria Maia Geraldo, 15, destacou o trabalho de preparação realizado pela escola para que os alunos chegassem preparado no dia da aplicação da prova.

“A avaliação estava razoável. Para mim foi boa porque foram dois anos estudando. O gestor e os professores sempre apoiando. Tivemos intensivo só de português, no último mês, e com isso conseguimos levar, tirar de letra. Acho que todos os estudantes do 9º anos fizeram uma boa prova porque estávamos bem preparados para isso”, relatou a aluna.

O aluno Matheus Rodrigues, 15, também espera ter um bom desempenho na avaliação. “A preparação foi bem intensa. Estudamos bastante Língua Portuguesa e Matemática e alguns assuntos caíram na prova, que estava bem regular. Particularmente, estava fácil de fazer”, contou o aluno.

prova-brasil-semed-02Para a escola ter seus resultados divulgados é necessário que 80% dos alunos, com base nas informações do Censo Escolar, participem da prova. Para a chefe da Divisão de Avaliação e Monitoramento (DAM) da Semed, Núbia Pinto Breves, a participação na avaliação e seu resultado são importantes para que a secretaria possa trabalhar melhor o ensino aprendizagem do aluno.

“A Prova Brasil vem para que as secretarias municipais possam traçar políticas públicas educacionais que venham sanar as dificuldades dos alunos e melhorar o ensino aprendizagem. A avaliação vem trabalhando a leitura e matemática e a partir daí teremos um panorama geral de como se encontram nossos estudantes, se realmente estão conseguindo compreender e adquirir as habilidades”, destacou.

Não participam da avaliação as turmas multisseriadas, as turmas de correção de fluxo e turmas de Ensino Médio integrado. As escolas indígenas têm a opção de participar ou não da Prova Brasil.

Além da Prova Brasil, algumas escolas da rede municipal receberão a Avaliação Nacional da Educação Básica (Aneb), que é uma avaliação amostral aplicadas em escolas escolhidas pelo Inep/MEC. O objetivo é avaliar a qualidade, a equidade e a eficiência da educação brasileira.

Roberto Brasil