Promoções de militares serão retroativas a 21 de abril, declara secretário Sérgio Fontes

By -
Esta será a única carreira que a promoção será retroativa, frisou Sérgio Fontes

Esta será a única carreira que a promoção será retroativa, frisou Sérgio Fontes

Em Sessão especial de homenagem aos 178 anos de atuação da Polícia Militar, o secretário de Estado de Segurança Pública, delegado Sérgio Fontes, informou que as reivindicações da corporação estão sob análise do governo e as promoções da PM que estão pendentes, quando forem cumpridas, serão retroativas a 21 de abril. Contribuições da PM à população também foram destaques durante a homenagem realizada, nesta terça-feira (12), no plenário da Assembleia Legislativa do Amazonas (Aleam).

“Sou um admirador da PM. Acho o policial militar um abnegado. Dos policiais, é o que tem o menor salário e o que mais se expõe. O governador (José Melo (PROS)) entende essa situação, mas está impossibilitado legalmente de reconhecer o pleito dos policiais militares por conta do orçamento. Esta será a única carreira que a promoção, quando for possível para o governo fazê-lo, será retroativa a 21 de abril. Não haverá prejuízos financeiros”, afirmou Sérgio Fontes.

A homenagem é resultado de uma proposta do deputado Cabo Maciel (PR), que serviu a corporação durante 20 anos antes de se tornar parlamentar. Em seu discurso, Maciel lembrou das contribuições da PM à população como o colégio e a creche da Polícia Militar, que atendem cerca de 11 mil crianças e adolescentes, e programas como o Programa Educacional de Resistência às Drogas (Proerd) por onde já passaram mais de 400 mil pessoas.

“A PM faz muitas contribuições ao Amazonas. Mas essas coisas são ofuscadas por fatos isolados que acabam penalizando toda a corporação. Esses fatos não podem afetar os bons policiais que prestam com honra seu serviço”, disse Maciel. O deputado ainda reivindicou a implantação de colégios militares em cidades polos do interior como Tabatinga, Humaitá e Parintins.

O comandante-geral da PM, coronel Gilberto Gouvêa, também destacou os bons feitos da corporação e disse que a homenagem “é mais que merecida”. “Esses 12 mil policiais militares merecem essa homenagem porque nós somos muito firmes em cumprir nossa missão”, afirmou.

Os deputados Platiny Soares (PV) e Alessandra Campêlo (PCdoB) também parabenizaram a PM durante a homenagem e reivindicaram melhorias para a corporação. Segundo Platiny, existe um compromisso do governo do Estado em atender as reivindicações da PM, assim que o orçamento permitir. Os militares reivindicam a promoção de 2.284 policiais militares, que ainda não aconteceram, e o pagamento da data base deste ano.

Roberto Brasil