Projetos pedagógicos da Semed disputam Prêmio Professores do Brasil

By -

Fase final do Prêmio Professores do Brasil

 

Cinco escolas da Secretaria Municipal de Educação (Semed) disputam a fase final da 9ª edição do Prêmio Professores do Brasil. A premiação é uma iniciativa do Ministério da Educação (MEC) e visa divulgar, valorizar as experiências pedagógicas e estimular os trabalhos de professores da rede pública que contribuem para a melhoria dos processos de ensino e aprendizagem em sala de aula de todo o País. Ao todo, a Semed inscreveu 39 projetos.

Nesta edição, o Prêmio Professores do Brasil foi dividido em seis categorias: Creche; Pré-escola; Ciclo de alfabetização: 1º, 2º e 3º anos; 4º e 5º anos; 6º ao 9º ano; e Ensino Médio. A secretaria tem representantes nas cinco modalidades nas quais concorre.

A Divisão de Avaliação e Monitoramento (DAM) é o setor responsável em analisar e monitorar os projetos inscritos. A chefa da DAM, Núbia Breves, destacou quem será responsável por avaliar, a partir de agora, até a fase de premiação. “Os cinco projetos escolhidos serão encaminhados ao Conselho Nacional de Secretários de Educação Estadual (Consed), que fará a análise final. Em seguida, os mesmos serão enviados para os avaliadores do Prêmio Professores do Brasil e, posteriormente, sairá o resultado final com projetos aprovados em nível nacional”, explicou.

Para a fase final, segundo Núbia Breves, a secretaria está confiante porque há ótimos projetos concorrendo ao prêmio. “Temos uma grande possibilidade de estarmos entre os 30 projetos escolhidos pela coordenação do Prêmio de Professores do Brasil”, ressaltou.

Para a fase final, serão premiados cinco educadores, sendo um de cada região do País, em cada uma das seis categorias, totalizando 30 experiências selecionadas. Cada uma receberá o prêmio de R$ 7 mil. Entre os cinco professores premiados em cada categoria, um será selecionado para receber premiação extra, no valor de R$ 5 mil.

Entre os professores premiados, haverá aqueles que poderão participar do evento de revezamento da tocha olímpica, em 2016, carregando o símbolo dos jogos. O critério de seleção será a identificação de valores ligados ao espírito olímpico ou o estímulo à prática de atividade física nas experiências pedagógicas.

Fase final do Prêmio Professores do Brasil (2)

Música

Um dos cinco finalistas desta fase de análise foi o projeto desenvolvido pelo professor de Geografia da Escola Municipal Sandro André, da zona ribeirinha de Manaus, Sidney Glória. Ele é idealizador do projeto “Acorde para o conhecimento: aulas de violão e paródias abordando temas do cotidiano escolar”, que trabalha com alunos do 6º ao 9º ano do Ensino Fundamental.

O projeto visa atrelar o conhecimento das disciplinas trabalhadas em sala de aula com aulas de música. Para ele, só o fato de seu trabalho estar na fase final e poder concorrer com projetos de todo o Brasil já  é algo gratificante. “Estou muito feliz. Na verdade, já me sinto um vitorioso e realizado por estar entre os cinco finalistas e por ter a chance de representar o meu Estado e, quem sabe, ganhar na minha categoria, que é de 6º ao 9º ano ou ficar entre os cinco em nível nacional”, enfatizou o professor.

A divulgação do resultado final da 9ª edição do Prêmio Professores do Brasil acontecerá entre 23 de novembro e 11 de dezembro de 2015 e, estará disponível no Diário Oficial da União e nos meios eletrônicos.

Áida Fernandes