Projeto social West Fighter gradua lutadores

By -

projeto-social-west-fighter-graduacaoPerto de completar dois anos de história, o projeto social de jiu-jítsu West Fighter, do Manoa Florestal, Zona Norte de Manaus, realizou neste domingo, 10 de julho, a primeira solenidade de graduação de seus atletas, além de uma feijoada beneficente.

Segundo o coordenador do projeto, professor Mickael Hardson, 16 atletas mudaram de faixa, sendo sete amarelas, quatro azuis, três roxas, uma verde e uma preta. O West Fighter é filial da academia Shekinah Jiu-Jítsu, equipe liderada pelo faixa preta Douglas Costa, o “Peixinho” – aluno do mestre Orley Lobato.

O projeto West Fighter atende aproximadamente 50 alunos, entre crianças, adolescentes e adultos. A equipe começa a despontar no cenário nacional, com destaque para dois campeões brasileiros e atletas de vencedores dos principais campeonatos locais, como o Amazonense e a Copa Osvaldo Alves.

A solenidade de graduação contou com a presença de apoiadores do projeto, como o faixa preta Anderson Souza (Associação Monteiro). “Fico muito feliz por estar aqui nessa manhã de domingo, vendo crianças e adolescentes iniciando sua trajetória no jiu-jítsu. Tenho certeza que daqui sairão muitos campeões no esporte e na vida”, enfatizou Anderson.

Roberto Brasil