Projeto pioneiro desenvolvido com o apoio do TJAM será apresentado em encontro internacional da UNESCO

By -
 Socorro Guedes

Socorro Guedes

A experiência pioneira no Brasil, desenvolvida pelo Grupo de Aperfeiçoamento em Direito e Fraternidade instituído no Amazonas, iniciativa que tem o apoio do Tribunal de Justiça do Amazonas (TJAM) e agrega 10 Universidades e Instituições de Ensino Superior, será apresentado na próxima semana, em Paris, durante um encontro internacional promovido pela Organização das Nações Unidas para a Educação, Ciência e Cultura (Unesco).

A representante do Tribunal no Grupo de Aperfeiçoamento, a desembargadora Maria do Perpétuo Socorro Guedes Moura, foi convidada para apresentar os objetivos e perspectivas do projeto, que discute e projeta ações para fortalecer o processo de formação de acadêmicos do curso de Direito, suscitando a abordagem da temática “Comunhão e Fraternidade” no ensino de graduação. Nesta segunda-feira (07), às 11h, na sede do TJAM, a desembargadora receberá a imprensa para falar sobre o tema e a participação no evento da Unesco.

Esta é a primeira vez que um representante do Poder Judiciário do Amazonas é convidado para participar como palestrante de um encontro da Unesco. “Instituímos este grupo de estudo – que acredito ser um dos únicos no mundo – e que trabalha para que tenhamos futuros operadores de Direito voltados para o bem comum e preocupados em melhorar o mundo, com uma postura séria, ética e de serviço”, afirma a desembargadora Socorro Guedes.

Mario Dantas