Projeto ‘Pé-de-Pincha’ solta quelônios na comunidade Santo Antônio na BR-319

By -

Na próxima terça-feira, o Instituto de Proteção Ambiental do Amazonas (Ipaam) irá participar da soltura de quelônios, realizada pelo projeto “Pé-de-Pincha”, na comunidade Santo Antônio, localizada do ramal do Mamori, no quilômetro 64 da rodovia BR-319 (Manaus – Porto Velho), que fica dentro do Município do Careiro Castanho, que fica localizado a 102 quilômetros de distância da capital Manaus.

Durante o evento, que ocorrerá de 8h às 17h, o Ipaam irá promover diversas atividades aos participantes, entre elas, a oficina de leitura do Ipaam na Biblioteca Móvel Juscelino Batista. O acervo, que contém cerca de 600 títulos com variados temas sobre o meio ambiente e preservação, estará disponível para leitura.

Os técnicos da Gerência de Educação Ambiental do Ipaam estarão presentes, levando informações à comunidade sobre o risco das queimadas na área rural e sobre a importância da gestão de resíduos sólidos para o meio ambiente.

O Projeto Pé-de-Pincha é um programa de extensão da Universidade Federal do Amazonas (Ufam) que ajuda as populações tradicionais na conservação de quelônios ameaçados pela caça predatória.

Roberto Brasil