Projeto de Lei torna obrigatório assentos especiais para obesos

By -
O objetivo é garantir maior dignidade e conforto aos portadores de obesidade

O objetivo é garantir maior dignidade e conforto aos portadores de obesidade

Foi apresentado à Câmara Municipal de Manaus (CMM), o Projeto de Lei (022/2015) pela vereadora Vilma Queiroz referente à obrigatoriedade da reserva de assentos especiais às pessoas com grau de obesidade avançada e aos mórbidos em cinemas, teatros, restaurantes e estabelecimentos afins na cidade de Manaus.

O Projeto de Lei apresentado visa garantir maior dignidade e conforto aos portadores de obesidade e aos bariátricos em todo e qualquer estabelecimento público e privado, como cinemas, teatros, restaurantes e outros afins. A quantidade de acentos especiais deve corresponder a no mínimo 5% em cada estabelecimento que dispuser espaço com mais de 200 assentos.

Dados do Ministério de Saúde apontam que a cidade de Manaus (com 2.020.301 habitantes) possui 19,6% da população obesa e 52% com excesso de peso. Isto é, a um passo para a obesidade, ocupando esta capital amazonense a sexta posição entre as capitais com população acima do peso. Neste sentido a Associação dos Pacientes Bariátricos do Amazonas (Assoam), em parceria com a vereadora Vilma Queiroz, desenvolvem ações e políticas publicas para prevenir e combater a obesidade na região. Esta necessidade já e reconhecida, pois dados aproximados indicam que no Estado do Amazonas esta população representa em torno de 300 mil. (Mercedes Guzmán)

Roberto Brasil