Projeto começa a transformar Manaus em Cidade Inteligente

By -

reuniao-cidade-inteligente-2

O planejamento em políticas públicas da capital amazonense ganhou a tecnologia como aliada. A Prefeitura de Manaus já conta com uma plataforma digital, que reúne todos os bancos de dados da administração municipal a uma base cartográfica georreferenciada. Significa melhor gestão para o executivo e prestação de serviços inteligentes para a população nas áreas de saúde, transporte, educação, finanças, entre outros.

 

O projeto, chamado Cidade Inteligente, é capitaneado pela Secretaria Municipal de Finanças, Tecnologia da Informação e Controle Interno (Semef), e recebeu um aporte de R$ 74 milhões do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES). De todo o recurso, aproximadamente R$ 20 milhões já foram investidos em um dos mais modernos datacenters do Brasil, que já se encontra em pleno funcionamento a serviço da Prefeitura de Manaus.

Manaus - 15/09/2016 Datacenter Foto. Marinho Ramos / Semcom

O secretário da Semef, Ulisses Tapajós, destaca que os trabalhos para este projeto começaram ainda em 2013 e de lá pra cá já avançaram bastante. Segundo ele, a base de tudo é o datacenter, inaugurado em outubro de 2014 e que já está dando suporte para os caminhos da ‘Cidade Inteligente’. Toda a estrutura hospeda as informações georreferenciadas da cidade.

Para o prefeito Artur Virgílio Neto, Manaus segue o caminho de grandes cidades brasileiras que estão implementando o modelo de ‘Cidade Inteligente’, “o que é natural para quem quer evoluir e não parar no tempo”. Arthur explicou que a prefeitura já ‘conversa’ com o Instituto das Cidades Inteligentes (ICI), um dos maiores do Brasil especializado no assunto.

“É um projeto silencioso que avança a cada dia, com estudos e assessoria de técnicos de primeiríssimo nível. Fizemos a semeadura nestes quatros anos e implementamos um dos mais modernos datacenters do Brasil. A partir daí vem o cartão inteligente para facilitar a vida do usuário do transporte coletivo, dos médicos e pacientes das UBSs (Unidades Básicas de Saúde) e das policlínicas municipais, dos  pais e mestres da nossa rede de ensino municipal e muito mais”, exemplificou.

Manaus - 15/09/2016 Datacenter Foto. Karla Vieira / Semcom

Em recente pesquisa, a consultoria Urban Systems listou um ranking de 50 cidades brasileiras que já oferecem serviços inteligentes a sua população. No ‘top 5’ estão: São Paulo, Rio de Janeiro, Curitiba, Brasília e Belo Horizonte. A pesquisa foi baseada em indicadores tecnológicos voltados a todas as áreas da gestão pública.

“Estamos próximos de figurar entre as cidades inteligentes do Brasil. Quando interligarmos todos os segmentos da prefeitura em rede de fibra óptica, já poderemos usufruir de vários serviços. Não tenho dúvida que estaremos no próximo ranking das 50 cidades mais inteligentes da Urban System”, destacou o secretário da Semef.

Fibra óptica

O próximo passo do projeto será conectar toda a cidade por meio da rede de fibra óptica. A estrutura já existe e, até o final deste ano, serão mais de 800 pontos da prefeitura, como escolas, postos de saúde, e órgãos públicos municipais, inteiramente interligados.

“Muito em breve, toda a população de Manaus poderá ter acesso aos mapas multifinalitários da Prefeitura e solicitar serviços online. Por meio dos mapas será possível verificar o volume de obras em andamento e concluídas. Teremos acesso a toda a malha de iluminação de LED da cidade, localização de escolas e UBSs e por aí vai”, esclareceu Tapajós.

Mario Dantas