Programa Ronda no Bairro inicia preparação do efetivo policial de Itacoatiara

By -

O Governo do Amazonas, através da Secretaria de Estado de Segurança Pública(SSP), deu inicio nesta terça-feira, 28 de maio, ao “Curso de Capacitação e Atualização Ronda no Bairro” para o efetivo policial do município de Itacoatiara (a 276 quilômetros de Manaus). A capacitação marca o início dos preparativos para a implantação do programa de segurança na cidade.

 

O programa Ronda no Bairro já contempla toda a capital Manaus e, por determinação do governador Omar Aziz, será expandido para o interior, que também receberá investimentos para o reaparelhamento da estrutura da Segurança Pública. O Ronda no Bairro privilegia a filosofia de policiamento comunitário, buscando tornar a ação policial mais efetiva com o apoio da população.

 

O curso atende inicialmente uma turma de 45 policiais, entre civis e militares, e tem 152 horas de duração. O conteúdo contempla 18 disciplinas, entre as quais Polícia Comunitária, Direitos Humanos, Ética e Cidadania, além de Policiamento Fluvial, Policiamento Ambiental e Desenvolvimento local, que foram incorporadas conforme a demanda do interior.

 

De acordo com a Secretaria Executiva do Ronda no Bairro (Searb), a formação dos policiais dentro da nova filosofia de policia é o primeiro passo para a implantação completa do programa. Itacoatiara é o terceiro município amazonense contemplado. “Atendendo orientação do governador Omar Aziz, além de Manaus, o Ronda será ampliado para mais 12 municípios do Interior e terá cerca de R$100 milhões de investimentos”, informou o secretário da Searb, coronel Amadeu Soares, acrescentando que a capacitação já foi realizada em Irandubae Manacapuru (a 25 e 68 quilômetros de Manaus, respectivamente).

 

Amadeu Soares avaliou, ainda, que a implantação do Ronda no Bairro no interior do Estado tende a ser menos desafiadora do que na capital. “Por ter uma população muito menor, no interior, todo mundo se conhece e sabe um pouco da rotina um do outro. Dessa forma fica mais fácil para o policial manter a interação com a comunidade no seu perímetro de atuação”, frisou.

 

O delegado da Polícia Civil em Itacoatiara, Lázaro Mendes Neto, disse que ficou satisfeito com a proposta do programa que, além de reforçar a integração do trabalho das polícias Civil e Militar, vai aumentar o efetivo local e melhorar a estrutura de trabalho da corporação. “Nosso maior problema em Itacoatiara é combater a produção, entrada e comercialização de drogas nas comunidades vizinhas. Com as lanchas de alta potência que serão compradas pelo programa a nossa capacidade de atuação vai aumentar consideravelmente”, disse.

 

Investimentos – Cerca de R$ 100 milhões devem ser investidos em obras, mobiliários e equipamentos para o interior este ano. Os recursos também serão aplicados na locação de viaturas, aquisição de motocicletas e embarcações; aquisição de armamentos, munição e material tático operacional; capacitação e formação continuada de policiais; equipamentos e serviços de tecnologia da informação e de comunicação de dados; implementação de programas sociais, como o Formando Cidadão, Proerd, Previne, Procyon, Provida e Ame a Vida, executados por órgãos do Governo do Estado

Redação