Programa Primeira Infância é marco para o desenvolvimento da criança amazonense, diz Ricardo Nicolau

By -

Política da Primeira Infância (PIA)

Relator da Lei que rege o Programa Primeira Infância Amazonense (PIA), o deputado estadual Ricardo Nicolau (PSD) participou do evento de lançamento realizado, nesta sexta-feira, 6 de maio, na Assembleia Legislativa do Amazonas (Aleam). Em seu discurso, o parlamentar avaliou a política pública como um marco para o desenvolvimento das crianças amazonenses e pediu a soma de esforços no cumprimento das metas.

 

O PIA será implantado em conjunto pelas Secretarias de Estado de Saúde (Susam), Educação (Seduc) e Assistência Social (Seas), em sintonia com a Política Nacional de Atenção Integral à Saúde da Criança. O Amazonas é o primeiro estado da região Norte e segundo do País a possuir uma política específica para o desenvolvimento integral da criança, da gestação aos seis anos de idade.

 Política da Primeira Infância (PIA)

Às autoridades, profissionais e servidores públicos presentes ao evento, o deputado Ricardo Nicolau defendeu que o momento é de união para colocar o PIA em prática. “Agora, os desafios são outros. Todo esse trabalho que vem sendo feito terá de sair do papel e se tornar realidade. Este programa é um marco importante e cabe a todos nós o dever de trabalhar para cumprir as metas”, afirmou.

 Política da Primeira Infância (PIA)

Uma das principais diretrizes do PIA é integrar as políticas públicas que já existem nas áreas da saúde, educação e assistência, mas que ainda não funcionam de maneira integrada. O principal objetivo da nova política é assegurar o pleno desenvolvimento físico, psicológico, intelectual e social das crianças que vivem no Amazonas.

 

Para o secretário da Susam, Pedro Elias, as ações do PIA terão impacto positivo. “Estamos assumindo, enquanto governo, um compromisso com o futuro das crianças do Amazonas. As ações começarão desde a gravidez, que será mais uma humanizada, passando por um nascimento saudável e, logo, um crescimento seguro para a criança até os seis anos de idade”, pontuou.

 

Parcerias – O PIA é baseado no Projeto Primeira Infância Ribeirinha (PIR), iniciativa conjunta da FAS, Susam e Instituto para o Desenvolvimento do Investimento Social (Idis). Desde 2012, o projeto mantém agentes comunitários de saúde que acompanham a evolução de crianças nas Reservas de Desenvolvimento Sustentável (RDS) do Rio Negro e Mamirauá.

 

Presente ao lançamento do PIA, a diretora-presidente do Idis, Paula Fabiani, elogiou a disposição do Estado do Amazonas em dar atenção à primeira infância, fase de formação da personalidade da criança. “Cuidar da infância significa cuidar de toda a sociedade”, disse, desejando sucesso aos gestores da política.

De acordo com o Governo do Amazonas, o PIA também funcionará em parceria com a sociedade civil, setor privado e outras redes e organizações. As prefeituras municipais do interior do Estado que desejarem aderir ao programa deverão assinar um Termo de Cooperação e se comprometer com a gestão municipal do programa.

Também compareceram ao evento o deputado Belarmino Lins (PMDB); os titulares da Seduc, Rossieli Soares; e da Secretaria de Estado de Justiça e Cidadania (Sejusc), Graça Prola; a coordenadora de Saúde da Criança da Susam, Katherine Benevides; e o superintendente-geral da Fundação Amazonas Sustentável (FAS), Virgílio Viana.

Mario Dantas