Profissionais da saúde do Amazonas fazem ato pró-Aécio

By -

Ato_aecio3No Dia do Médico, profissionais da saúde do Amazonas promoveram ato de apoio à candidatura de Aécio Neves (PSDB) à Presidência da República.  A manifestação aconteceu na manhã deste sábado, dia 18, após uma forte chuva que caiu na cidade. Essa manifestação envolveu os profissionais e estudantes da saúde em todo o Estado. A classe questiona a situação da saúde no Amazonas e a forma como tem sido tratada nos últimos 12 anos nos governos Lula e Dilma. O encontro ocorreu no Largo São Sebastião, em frente ao Teatro Amazonas, Centro.

Entre os questionamentos estão a qualidade do ensino médico, a falta de estrutura nos hospitais universitários e públicos, a nova lei de residência, a falta de investimento nas especializações da saúde, o plano de cargos e carreira, entre outros temas da classe.

 

Ato_aecio5

Para o prefeito de Manaus, Artur Neto (PSDB), o ato representa o quanto a sociedade está cansada de mentiras, da corrupção, de preços altos e de um país que hoje não simboliza o sentimento de mudança do povo brasileiro. “A mudança já começou e a hora da verdade está chegando. A verdade das urnas é a verdade do povo. Esse não é um evento partidário, mas sim a adesão dos profissionais e acadêmicos de saúde à campanha do candidato Aécio Neves. São,  aproximadamente, 200 pessoas, entre médicos, enfermeiros, dentistas e acadêmicos de saúde. Tenho a certeza de que depois do dia 26 de outubro vamos ver o início de um novo tempo”, declarou.

O presidente do diretório regional, Artur Virgílio Bisneto, considera o ato uma manifestação de uma classe que reprova a gestão do atual governo federal. “A cada dia nós estamos conquistando o apoio das pessoas para a campanha do Aécio. Esse ato foi proposto pelos próprios médicos, no Dia do Médico. Quando nós temos um setor importante como é o da saúde, gritando, reivindicando, buscando um novo caminho para o Brasil é a certeza de que o modelo que está não atende as pessoas com o devido respeito que a população brasileira merece. Todos querem uma mudança de verdade”, afirmou Bisneto.

Mario Dantas