Professor Bibiano apoia ‘Carta Aberta’ entregue ao prefeito com pedidos de melhoria para transporte público

By -
Ver. Professor Bibiano

Ver. Professor Bibiano

Durante manifestação na manhã de ontem, segunda-feira (9), onde estudantes de diversos movimentos estudantis de Manaus reivindicaram medidas emergenciais que melhorem a vida da população em relação ao serviço do transporte público na capital, o vereador Professor Bibiano (PT) enfatizou que a manifestação como democrática deveria ser ouvida e os manifestantes recebidos pelo prefeito, Artur Neto.

Na ocasião, o parlamentar teve a oportunidade de se pronunciar e defendeu, assim como os estudantes, uma explicação clara à sociedade civil sobre o reajuste da tarifa em razão da péssima qualidade do serviço prestado pelas concessionárias de transporte coletivo em Manaus.

“A população quer que a tarifa seja esclarecida. Assim como os estudantes que disseram que não são contra, nós também não somos. Mas é preciso saber o porquê desse aumento sem ser discutido pela Câmara como manda a Lei Orgânica do Município”, destacou o vereador.

Os manifestantes entregaram uma ‘Carta Aberta’ com as reivindicações ao prefeito antes da abertura dos trabalhos legislativos da Câmara Municipal de Manaus (CMM). As reivindicações são: suspensão do reajuste da passagem; passe-livre para os estudantes; novas formas de meios de transporte público e de qualidade que se interligue com os ônibus como metrô, monotrilho, VLT e BRT; retomada do Conselho Municipal de Transporte e controle do sistema de transporte público por parte da Prefeitura.

Segundo o líder do movimento, Rodrigo Furtado o prefeito descartou todas as reivindicações e disse que atenderia apenas o pedido do Bus Rapid Transit (BRT), sendo que o modal seria implantado ainda para a Copa do Mundo, quando Manaus foi uma das cidades-sede.

Reunião

Ainda de acordo com Rodrigo, o prefeito disse que se reunirá com os líderes do movimento na próxima semana. “Ele pediu que ligássemos para o secretário-geral do PSDB, Mário Barros para marcarmos hora e data para que pudéssemos apresentar todas as nossas reivindicações para a melhoria do serviço do transporte público. Espero que ele cumpra sua palavra”, disse.

Roberto Brasil