Procuradoria quer que Fachin assuma investigação contra Maia

By -

Presidente da Câmara recorreu ao STF para que seja escolhido um novo relator para o caso

vice-procurador-geral da República, Luciano Maia, enviou parecer ao Supremo Tribunal Federal (STF) em que defende o ministro Edson Fachin como relator do inquérito contra o presidente da Câmara, Rodrigo Maia. A defesa do deputado recorreu ao STF para que seja escolhido um novo relator para o caso.

De acordo com informações da coluna Expresso, do site da revista Época, o documento foi encaminhada na última terça-feira (14).

A investigação contra o presidente da Câmara é um desdobramento da delação premiada de executivos da Odebrecht. De acordo com os colaboradores, o líder do DEM fluminense recebeu propina que totalizou R$ 1 milhão em três eleições (2008, 2010 e 2014).

O pai do deputado, o ex-prefeito do Rio Cesar Maia, também é investigado. Ambos negam irregularidade.

Esta é a segunda vez que o presidente da Câmara pede mudança na relatoria. No recurso anterior, a presidente do STF, Cármen Lúcia, rejeitou o pedido por entender que havia conexão do caso com outros inquéritos conduzidos por Fachin.

Roberto Brasil