Primeiro Arraial das Galerias Populares é sucesso

By -

Arraial-Galerias-Populares-1Bastaram os primeiros acordes do sanfoneiro para a animação tomar conta do local. O casório de preços baixos e qualidade, entre Galeria Espírito Santo e Galeria dos Remédios, foi além, na noite do último sábado (18), na Rua 24 de Maio, no centro de Manaus. Envolveu animação, muitas comidas típicas, forró e danças da época.

“Esse é o primeiro arraial de muitos que virão. Hoje plantamos uma semente. A partir de agora, todos os anos estaremos aqui, celebrando em família, nesse grande arraial, feito para os empreendedores das duas galerias, mas aberto à comunidade”, disse entusiasmado José Assis, presidente do Sindicato do Comercio dos Vendedores Ambulantes – Sincovam.

Na praça de alimentação, montada com 14 empreendedores do ramo de alimentação dos dois centros de compras, uma variedade enorme de comidas. Sete delas, inscritas no primeiro concurso de gastronomia das galerias. O vencedor da noite, na categoria comida típica, foi o casal Francisco Júnior (Juca) e Elvira Souza, donos do Agatha Lanches, que funciona na Galeria dos Remédios. Eles conquistaram os jurados, com o delicioso Pirarucu à Casaca. Além do prêmio – uma churrasqueira elétrica – os vencedores ganham ainda o direito de ensinar a receita em um programa de culinária, da televisão amazonense.  Na categoria ’doçuras da época’, o campeão foi José Artemis, dono do Sandro Lanches, que funciona ‘na praça de alimentação da Galeria Espírito Santo. A delícia que conquistou o paladar dos jurados foi o Bolo de Macaxeira.

Arraial-Galerias-Populares-2“Eu estou muito feliz. O dono do lanche é o Juca, mas eu estou na batalha com ele todos os dias. Não é fácil, não, mas temos recebido muitos incentivos. Além dos cursos de qualificação oferecidos pela ESPI, estamos fazendo o de Segurança Alimentar no Sebrae e esta semana recebemos o nosso certificado do curso de inglês básico das mãos do prefeito Arthur Neto. Isso é maravilhoso. Agora, ter a nossa comida reconhecida dessa forma, é mais uma bênção de Deus em nossas vidas. Só tenho a agradecer”, declarou Elvira, esposa e parceira de Juca, no Ágatha Lanches.

Além do concurso de gastronomia, quem participou do primeiro arraial das galerias, pode concorrer aos cinco bingos da noite. Bastava comprar R$10 em qualquer produto, nas barracas, que já recebia uma cartela de bingo.

“Muito mais que uma reunião alegre, em família, esse é mais um incentivo que queremos dar, não só ao empreendedor, que pode vir aqui para fora, colocar sua barraca e faturar com a venda de bebidas e guloseimas da época. É, principalmente, uma forma de atrair a população, fazer com que as pessoas venham, conheçam as galerias e voltem outras vezes para comprar. A Prefeitura de Manaus não está medindo esforços no sentido de tornar cada dia mais conhecidas e frequentadas, as Galerias Espirito Santo e Remédios”, declarou o subsecretário do Centro Histórico, Glauco Francesco.

O evento contou ainda com as apresentações da Dança do Café, do bairro da Compensa e da Ciranda do Bairro do Parque Dez, além de muito forró.

O primeiro arraial das Galerias Populares foi uma realização da Prefeitura de Manaus, através da Subsecretaria Municipal do Centro Histórico, com o apoio da Seminf, Semtef, Manaustrans, Semulsp, Semcom e Polícia Militar do Amazonas.

Roberto Brasil