A minha primeira matéria no Blog: A exuberância do Parque Municipal do Mindu

By -

mindu-parque 02

No Parque Municipal do Mindu o visitante encontra muito da exuberância da fauna e flora de Manaus, mas também o maior contraste da floresta: a falência do Igarapé do Mindu. O maior canal de rio urbano do mundo agoniza.

Fui convidado pelo jornalista Orlando Farias e o repórter fotográfico Heider Santos, a caminhar pelas trilhas do Parque. Orlando, como guia, não esconde a fascinação e entusiasmo de revigorar a energia na selva, mesmo conhecedor desse espaço há quase três décadas. Fundado em 1992 na primeira gestão do prefeito Arthur Neto (PSDB) o local abrange mais de 15 hectares. Aliás, quem dera nós de Parintins temos a oportunidade de um dia conseguir o nosso parque municipal.

mindu-parque 06

Na entrada, após o estacionamento me deparo com um pequeno monumento, construído por pedras de várias partes do mundo. Do monumento brotou vida e a espécie imbaubeira chama atenção. A jardinagem tem frutíferas desde pés de cacau, jenipapo, jaca, ingá, bacabeira, açaizeiros, o belo bambú e as sumaumeiras.

mindu-parque 01

No caminho somos abordados por uma bela cotia, que assim como as pacas, sauim de colera, cobras e lagartos puderam ser observadas no parque. O primeiro chapéu de palha do Parque do Mindu precisa de reparos, do contrário é melhor ficar na chuva do que se abrigar nele. Na passarela suspensa construída na gestão do ex-prefeito Serafim Corrêa, é preciso andar com cuidado pela má conservação do assoalho de madeira.

mindu-parque 03

O caminho segue e entre os cantos dos pássaros e o murmúrio das copas das árvores começo a ouvir o estrondo que quase parece à chegada de uma forte chuva, mas é a sonoridade da corredeira do Igarapé do Mindu. O aspecto muda e me deparo com o mais famoso Igarapé de Manaus. O Mindu que ainda insiste em sobreviver apesar de toneladas de lixo em seu leito.

A equipa dá meia volta e é surpreendida pela chuva. No abrigo improvisado encontro o senhor Vicente Francisco Andrade, 59 anos que atua há 18 anos na prefeitura de Manaus e é jardineiro do Parque e o qual resume seu sentimento pelo parque e pelo igarapé.

 “É um local maravilhoso, Deus é maravilho que fez esse paraíso. Mas esse igarapé quando vejo me dá uma tristeza. Os animais resistem bravos. Essa água é geladinha, mas imprópria para tomar banho. A culpa disso é da população que joga muita sujeira aqui”, lamenta o jardineiro.

Hoje o Igarapé pede socorro e tem esperança que o executivo faça algo por ele.///Hudson Lima*

*O jornalista Hudson Lima, atuando há mais de 15 anos na área de comunicação, começou hoje a fazer parte da equipe do BlogdaFloresta. O profissional começou como entregador de jornal, operador de aúdio, depois passou a ser réporter de TV e Impresso. Passou pelo Sistema Alvorada de Comunicação AM e FM, Jornal Em Tempo Parintins, Amazonas Em Tempo, Repórter Parintins, o Jornal da Ilha, e Rádio Clube AM. Também atuou como Assessor de Imprensa da Câmara de Parintins e Associação Folclórica Boi Bumbá Garantido.

Redação