Preso homem que estuprou as primas menores em Silves

By -
Antônio foi indiciado por estupro de vulnerável

Antônio foi indiciado por estupro de vulnerável

A Polícia Civil do Amazonas, por meio da equipe de investigação da 40ª Delegacia Interativa de Polícia (DIP), situada em Silves, município distante 204 quilômetros em linha reta de Manaus, sob a coordenação do delegado titular da unidade policial, João Manuel Filgueiras Júnior, prendeu Antônio da Silva Rodrigues, 27, conhecido como “Comcom”, denunciado pelo estupro de duas crianças, de seis e oito anos, primas dele.

De acordo com a autoridade policial, a prisão ocorreu na Comunidade Nossa Senhora de Aparecida, localizada no quilômetro 34 da estrada AM-363, zona rural de Silves, em cumprimento a mandado de prisão preventiva expedido pela juíza Ana Paula de Medeiros Braga.

“Antônio é primo das vítimas, duas irmãs. Ele foi denunciado pela prática de conjunção carnal com as crianças. Os crimes aconteceram em datas distintas, neste ano, na Comunidade Nossa Senhora de Aparecida, onde ele foi preso. Assim que os responsáveis pelas crianças tomaram conhecimento do delito nos procuraram”, explicou a autoridade policial.

João Manuel Filgueiras Júnior ressaltou, ainda, que logo após o infrator estuprar as crianças ele as ameaçou de morte caso contassem para alguém o que havia acontecido entre eles.  “Ele passou uns dias sem aparecer no lugar e retornou na última semana, causando insegurança aos moradores da comunidade”, argumentou o delegado.

Antônio foi indiciado por estupro de vulnerável. Ao término dos procedimentos cabíveis na 40ª DIP ele  permanece preso na carceragem da delegacia, que também funciona como unidade prisional em Silves.

Roberto Brasil