Presidida por David Almeida, reunião do Codam aprova investimentos de R$ 1,2 bilhão no PIM

By -

O governador David Almeida presidiu nesta quinta-feira, 24, a 269ª reunião do Conselho de Desenvolvimento do Amazonas (Codam), em que foram aprovados 30 projetos para o Polo Industrial de Manaus (PIM) com investimentos da ordem de R$ 1,224 bilhão. 

Esta foi a quarta reunião do Codam realizada este ano. Os números de investimentos, segundo balanço apresentado aos investidores, apontam que somente na gestão do governador David Almeida, foram aprovados 69 projetos com investimento total de R$ 3.300 bilhões. Os números também são positivos para criação de novos postos de trabalho. Foram gerados 2.015 empregos diretos, sendo 7 mil somados aos empregos indiretos. 

“Aprovamos hoje investimentos da ordem de R$1,224 bilhão de reais. Serão 30 projetos com a expectativa de geração de 514 empregos diretos e mais 1.500 indiretos. É assim que estamos trabalhando: gerando emprego e distribuindo renda na cidade de Manaus e no interior. Este é o lugar certo para o investimento dos empresários”, ressaltou. 

O destaque entre os projetos aprovados está o da Whirlpool Eletrodomésticos. A empresa vai fabricar aparelhos eletromecânicos para a preparação instantânea de bebidas, em doses individuais, a partir de cápsulas. O investimento para a produção da máquina é da ordem de R$ 27 milhões com mão de obra de 105 trabalhadores. 

Segundo o vice-presidente da companhia na América Latina, Armando Ennes, o Amazonas ganhou de países como México e Estados Unidos, que estavam na lista de lugares para a produção da máquina. A escolha do Amazonas se deu pela segurança jurídica e fiscal que a Zona Franca disponibiliza. Ennes destacou que o trabalho institucional do Governo realizado pela equipe de profissionais da Secretaria de Estado de Planejamento, Desenvolvimento, Ciência, Tecnologia e Inovação (Seplancti) também contribuiu para a escolha. 

“O projeto é importante para o Amazonas e para o Brasil. Essa é a primeira máquina de bebida quente no mundo, que produz bebida quente ou fria com gás ou sem, através de cápsulas, o que facilita a vida do consumidor. Não existe outra igual no mundo. A Whirlpool escolheu o Brasil e Manaus por questão de competitividade fiscal e facilidade com os mercados onde estamos ligados”, destacou. 

O governador David Almeida destacou que mesmo com a crise o Governo tem conseguido atrair investimentos para o Estado. “É dessa forma que nós estamos buscando dar celeridade e garantias aos investidores. Hoje temos algo inédito com a fabricação de uma máquina, primeira no Brasil e na América do Sul. Nós concorríamos com empresas do México e dos Estados Unidos, mas a segurança jurídica e a condição econômica do Estado asseguradas, sem dúvida alguma são fatores importantes que atraem os investidores”, pontuou. 

Além deste empreendimento, a empresa, segundo Armando Ennes, ainda tem planos de investir em novos produtos a serem fabricados também em Manaus. “O que pode ajudar Manaus definitivamente são novas plataformas, novos produtos e inovação sobre produto. Quando olha o mundo tem um monte de coisa eletrônica que Manaus podia tá produzindo e eu creio que ela vai nessa direção porque será a primeira do mundo a produzir e aqui em Manaus”, pontuou referindo-se ao projeto da máquina de bebida em cápsula. 

Outros dois empreendimentos também se destacaram. O da Positivo Tecnologia  que vai produzir televisor em cores com tela de cristal líquido com investimento de R$238 milhões e o da Solimões Indústria e Comércio de Óleos e Proteínas que vai fabricar farinha de sangue, sebo industrializado e farinha de carne e osso com investimentos de R$ 3 milhões. 

Investimentos – No acumulado do ano, em quatro reuniões realizadas até o momento, o Codam já somou 119 projetos aprovados com investimentos de R$ 5.766 bilhões e 3.481 postos de trabalho diretos previstos. 

No balanço apresentado, os números do faturamento do Polo Industrial de Manaus (PIM) também foram positivos. De janeiro a junho deste ano se comparado ao mesmo período do ano passado, o crescimento foi de 22,4%. Neste mesmo período no ano passado, foi arrecadado US$ 9.667.538.903. Este ano, no mesmo período, o acumulado foi de US$ 11.812.384.976. 

Roberto Brasil