Presidente do TJAM lança Pedra Fundamental do Fórum de Autazes

By -
" A população de Autazes precisa saber que a Justiça sempre terá um braço estendido para os mais humildes”, destacou Graça Figueiredo

“A população de Autazes precisa saber que a Justiça sempre terá um braço estendido para os mais humildes”, destacou Graça Figueiredo

Localizado a 110 quilômetros de Manaus, o município de Autazes, o maior produtor de leite do Amazonas, viveu na última quinta-feira (23), um dia histórico com o lançamento da Pedra Fundamental para a construção de seu futuro fórum, pela presidente do Tribunal de Justiça do Amazonas (TJAM), desembargadora Graça Figueiredo.

Na cerimônia de lançamento da Pedra Fundamental, a desembargadora-presidente enterrou uma caixa de metal contendo um exemplar da revista Folha da Justiça, do TJAM; um CD com o arquivo do projeto arquitetônico do prédio que será construído, o convite da solenidade, o script da solenidade, o documento de doação do terreno feito pela prefeitura e uma declaração do do prefeito José Thomé.

Em seguida, Graça descerrou a placa ao lado do prefeito e do juiz da comarca, Glen Hudson. “O Tribunal de Justiça dá o primeiro passo para que Autazes tenha um fórum digno, para acolher seus habitantes que buscam a Justiça. Antes, o município tinha um fórum que envergonhava a todos nós do Judiciário, que não era digno da população de Autazes”, afirmou a presidente.

graça-figueiredo-em-autazes-02“Façam uma obra digna”

A desembargadora também se dirigiu aos responsáveis pela empresa que ganhou a licitação para construir a obra: “Que os senhores procurem cumprir as metas traçadas no edital de licitação para que o fórum seja construído de forma correta, em tempo hábil e sem problemas em sua estrutura. A população de Autazes precisa saber que a Justiça sempre terá um braço estendido para os mais humildes”.

O juiz Glen Hudson disse que ao dar o primeiro passo para a construção do Fórum da comarca de Autazes, a presidente Graça Figueiredo esta cumprindo o que prometeu em sua posse: priorizar o 1º Grau.

Roberto Brasil