Presidente do STF manda PF investigar citações a ministros em áudio

By -

A ministra Cármen Lúcia, presidente do Supremo Tribunal Federal (STF) exige que a Polícia Federal (PF) e a Procuradoria-geral da República (PGR) investiguem as citações de ministros do STF nas gravações de executivos da JBS.

Cármen Lúcia enfatiza que é necessária “com transparência absoluta, urgência, prioridade e presteza, a apuração clara, profunda e definitiva das alegações”, para que não fiquem dúvidas sobre a dignidade institucional de integrantes do Supremo.

A declaração se refere a citações de ministros do STF em áudios entregues pela JBS para a PGR. Veja o vídeo:

DIÁRIO DO PODER

Roberto Brasil