Presidente consegue consenso entre governo e oposição e define pauta

By -

096Em reunião fechada, na tarde desta terça-feira (25), o Presidente da CPI do BNDES, Marcos Rotta (PMDB/AM), se reuniu com membros da Comissão visando buscar consenso entre parlamentares da situação e oposição, para definir a pauta de votações de requerimentos de convocação. De acordo com o presidente, depois de alguns pequenos embates, os parlamentares concordaram em definir um cronograma para a CPI, confirmando a convocação de ex-presidentes, diretores e técnicos do BNDES. Também serão convocados membros do Tribunal de Contas da União (TCU) e posteriormente, empresários. “Os membros da CPI aceitaram essas convocações. Acho que todos estão dispostos a colaborar.

Grande parte das solicitações originaram através do relator, com o intuito de angariar informações e dados para confeccionar o seu relatório. Tivemos pequenos embates, mas temos que ter maturidade suficiente para entender que essa CPI tem viés político, então meu papel hoje foi tentar equilibrar esse viés. Obviamente que houve negociação pelo meio, intermediação e ponderação para que nós pudéssemos construir essa pauta consensual que  deveremos votar na próxima quinta-feira, antes da oitiva com o presidente do Banco, Luciano Coutinho”, destacou  Marcos Rotta.

Cronograma definido pela Comissão

27/8 — Luciano Coutinho, presidente do BNDES; 1º/9 — Wagner Bittencourt, vice-presidente do BNDES, e Luciene Ferreira Monteiro Machado, diretora de Comércio Exterior; 3/9 — Eleazar Carvalho (que presidiu o BNDES entre 2002 e 2003), Carlos Lessa (2003-2004); 8/9 — Guido Mantega (2004-2006) e Demian Fiocca (2006-2007); 10/9 — Júlio Ramundo, diretor industrial do BNDES, e João Carlos Ferraz, diretor de Planejamento; 15/9 — Roberto Zurli, diretor de Infraestrutura e Insumos Básicos, e Maurício Borges, diretor de Operações Indiretas do banco; 17/9 — Fernando Marques, diretor de Recursos Humanos do BNDES, e Henrique Paim, diretor de Infraestrutura Social e Meio Ambiente do banco; 22/9 — convite para que representante do Tribunal de Contas da União (TCU) fale  sobre investigação do BNDES; 24/9 — convite para que representante do Conselho de Controle de Atividades  Financeiras (Coaf) fale sobre investigação do BNDES.

Mario Dantas