Presa no Villa Mix mulher que aplicava golpes em confecções

By -

Fernanda postou no Facebook que ia para o Villa Mix e acabou presa (Foto: Reprodução / Facebook)

Presa no sábado enquanto assistia os shows do Villa Mix,  na Arena da Amazônia, Francy Fernanda Silva da Costa, a “Fernanda Loura”, já vinha sendo investigada pela polícia há pelo menos três meses.

De acordo com o delegado Rafael Allemand,  ela já era apontada como a responsável por diversos roubos na zona Leste de Manaus, em especial em lojas especializadas em confecções. E segundo ele, ela tinha preferência por datas festivas.

Em uma das lojas, Francy efetuou o roubo no dia 24 de dezembro do ano passado, bem na véspera do Natal. O local escolhido por ela foi uma loja situada na rua Bom Jesus,  no bairro Zumbi.

Já no dia 31 de dezembro, data em que se comemora o Réveillon, a mulher  roubou uma loja que funciona na  avenida Autaz Mirim, também na zona Leste da capital.

“O mandado de prisão pelo qual ela foi presa é referente ao roubo do dia 24. Tivemos a informação de que ela estaria nesse festival e enviamos uma equipe ao local para efetuar a prisão”, disse o delegado.

A prisão foi efetuada por volta das 23h30 enquanto a dupla Matheus e Kauan se despedia do público e ela, por sua vez, se despedia da liberdade. “Fernanda Loura” era acostumada a postar fotos no Facebook ostentando uma vida cheia de festas e roupas novas.

Quem reconhecer Francy pela pratica de outros delitos pode procurar o 25º DIP, para formalizar um Boletim de Ocorrência (BO). Todas as denúncias contra ela serão anexadas no Inquérito Criminal (IC). A mulher já tinha sido presa em julho de 2016, pelo crime de furto. Ela será encaminhada ao Centro de Detenção Provisória Feminino (CDPF), onde ficará à disposição da Justiça.

(Portal A Crítica)

Roberto Brasil