Presa manicure que agenciava menores em Coari

By -
Em depoimento, Ariely negou que agenciava as duas adolescentes

Em depoimento, Ariely negou que agenciava as duas adolescentes

A Polícia Civil do Amazonas, por meio da equipe de investigação da Delegacia Interativa de Polícia (DIP) de Coari, município distante 363 quilômetros em linha reta da capital, sob a coordenação do delegado titular da unidade policial, Mauro Duarte, prendeu no lugar, na manhã desta segunda-feira, dia 6, por volta das 10h, a manicura Ariely Souza do Nascimento, 26, denunciada por agenciar sexualmente duas adolescentes, sendo uma de 14 anos e a outra de 16 anos.

De acordo com a autoridade policial, o fato ocorreu em cumprimento a mandado de prisão, expedido hoje, pelo juiz da Comarca de Coari, Fábio Lopes Alfaia. Segundo Mauro Duarte, as investigações em torno do caso tiveram início após a formalização de Boletim de Ocorrência (BO) feita por representantes do Conselho Tutelar naquele município e das mães das próprias vítimas.

“No decorrer das diligências descobrimos que a adolescente de 16 anos começou a ser explorada sexualmente por Ariely em 2014, quando tinha 14 anos. A mais nova teria passado a ser agenciada pela infratora em março deste ano. As garotas eram oferecidas por Ariely por R$ 100 e R$ 300 para manter relações sexuais com indivíduos por cerca de duas horas. Isso acontecia sempre depois das 23h e a infratora acabava ficando com a maior parte do dinheiro”, ressaltou o delegado Mauro Duarte.

Em depoimento Ariely negou que agenciava as duas adolescentes. Ela afirmou que os encontros relatados eram com os respectivos namorados das garotas. Mauro Duarte disse que as investigações em torno do caso irão continuar para identificar os possíveis homens que pagavam pelos encontros com as vítimas.

Ariely foi indiciada por submissão à prostituição de menores e exploração sexual. Ao término dos procedimentos cabíveis na delegacia a infratora foi conduzida à Unidade Prisional de Coari, onde irá permanecer à disposição da Justiça.

Roberto Brasil