Prefeitura resfria bordas das unidades de conservação para prevenir ocorrências de queimadas

By -

queimadas-resfriamento-1A Prefeitura de Manaus,  por meio da Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Sustentabilidade (Semmas), fez neste final de semana o resfriamento das bordas de unidades de conservação municipais como forma de prevenir a ocorrência de focos de queimadas em virtude da presença de vegetação ressecada. O trabalho faz parte das estratégias de atuação do município no combate e prevenção às queimadas urbanas e conservação de áreas protegidas.

O veículo utilizado para o serviço é um dos dois carros-pipa,  contratados pela Semmas, por meio do Fundo Municipal de Desenvolvimento e Meio Ambiente (FMDMA), para fazer a irrigação das mudas plantadas nos canteiros centrais, vias,  passeios e praças públicas. Cada veículo tem capacidade para armazenar 15 mil litros d’agua, captada do rio Negro. O trabalho de irrigação é feito de dia e à noite com rotas estabelecidas pelo Departamento de Arborização e Paisagismo da Semmas.

queimadas-resfriamento-3No sábado (31),  o resfriamento foi feito no Parque Municipal do Mindu,  no Parque Dez; no Refúgio da Vida Silvestre Sauim Castanheiras, no Zumbi; e no Espaço Verde Campo Dourado, na Cidade Nova,  na Zona Norte. “A vegetação ressecada acaba se tornando um risco e para precaução determinamos que fossem feitas ações de resfriamento,  além do trabalho de irrigação”, afirma o secretário municipal de Meio Ambiente e Sustentabilidade,  Itamar de Oliveira Mar.

Morador do loteamento Campo Dourado,  Isac Lerbarck,  52, enalteceu o cuidado da Prefeitura de Manaus para com a área verde do conjunto. “Hoje temos uma área verde recuperada e com a irrigação ela permanece verde e linda”, afirmou. O trabalho de irrigação e resfriamento prosseguirá até o início do período chuvoso.

Roberto Brasil