Prefeitura reforça ações de Educação em Saúde no período de carnaval

By -

A Prefeitura de Manaus vai intensificar as ações de Educação em Saúde para a prevenção e detecção precoce das Infecções Sexualmente Transmissíveis (ISTs) no período do carnaval. A partir deste sábado, 18, quando começam as apresentações das bandas mais tradicionais da cidade, mais de 400 profissionais da rede municipal de saúde e membros de organizações da sociedade civil estarão nas ruas para o trabalho de orientação aos foliões, que segue até 12 de março, com o desfile do bloco LGBT Folia.

 

Neste período, devem ser distribuídos 500 mil preservativos masculinos. Mais de 100 unidades de saúde da rede municipal também intensificaram a oferta do teste rápido para HIV, sífilis e hepatites B e C e a vacinação de meninas e meninos contra o vírus HPV.

 

O prefeito Arthur Virgílio Neto considera que o período de carnaval é uma oportunidade para que os serviços da rede municipal possam mobilizar a população com o objetivo de minimizar comportamentos de risco.

 

“O Carnaval concentra um grande número de pessoas em diversos pontos da cidade, representando uma chance de massificarmos  informações sobre transmissão e prevenção de doenças e alertarmos sobre outros comportamentos que oferecem risco à saúde, como o excesso de bebida alcoólica e o consumo de alimentos na rua sem a higiene adequada ”, destaca Arthur Virgílio.

 

O secretário municipal de Saúde, Homero de Miranda Leão Neto, explica que o trabalho de prevenção às ISTs vem acontecendo desde o começo deste mês em eventos organizados por unidades de saúde e nos ensaios e apresentações de bandas, blocos e escolas de samba da capital. “A partir de agora, as ações serão intensificadas, alcançando 45 eventos de carnaval, incluindo o Carnaboi”.

 

Segundo o secretário, os 500 mil preservativos masculinos serão distribuídos gratuitamente com abordagem prévia. “Os técnicos darão orientações sobre o uso correto da camisinha, que é a principal medida de proteção contra as infecções sexualmente transmissíveis”, resalta Homero.

 

 

Mario Dantas