Prefeitura realiza serviços de prevenção à cheia em ruas do Centro Histórico

By -

cheia-rua-dos-baresPara amenizar os impactos causados pela cheia, a Prefeitura de Manaus inicia na próxima quarta-feira, 8, uma ação preventiva em vias do Centro Histórico da cidade. Os trabalhos serão executados pela Secretaria Municipal de Infraestrutura (Seminf) e começam pelas ruas Barão de São Domingos, Lourenço Braga e dos Barés.Durante duas semanas, as vias receberão serviços de desobstrução de galerias, implantação de tampas de bueiros, regularização das caixas coletoras e confecção de meio fio e sarjeta. 

Ao todo, mais de 30 caixas coletoras localizadas ao longo das Ruas dos Barés e Barão de São Domingos – vias que costumam ficar tomadas pelas águas com a ocorrência de grandes cheias – receberão serviços de limpeza e regularização das paredes internas das caixas para dar melhor vazão às águas pluviais e, assim, evitar maiores transtornos para os comerciantes, moradores e trabalhadores daquela região.

Além da desobstrução e regularização dos bueiros, as vias receberão, ainda, obras de meio fio e sarjeta para delimitar a via pública e interceptar o fluxo das águas pluviais oriundas da rua.

“Sabemos do problema recorrente de alagamentos na área do Centro Histórico. Com a subida do Rio Negro, a demanda se torna muito mais agravante, pois não há espaço para escoamento das águas. Organizamos uma ação que pretende atenuar a situação naquela região, colocando gradis de proteção nos bueiros, as tampas necessárias e realizando obras de reparo estratégicas”, explicou o secretário da Seminf, Alexandre de Morais.

Alerta

De acordo com o Serviço Geológico do Brasil (CPRM), o Rio Negro está subindo e pode alcançar a marca de 29,59 metros este ano. O anúncio do primeiro alerta de cheia foi no dia 31 de março, quando a cota do rio Negro atingia 26,77 metros. A maior cheia já registrada no Amazonas ocorreu em 2012, alcançando a marca de 29,78 metros. Na época, as ruas do Centro Histórico ficaram submersas e a água do rio invadiu comércios e casas, chegando a Avenida Floriano Peixoto.

Chuvas intensificam ações

Outras ações de infraestrutura estão sendo intensificadas pela Seminf para evitar maiores problemas à população em decorrência das fortes chuvas.

A construção de galerias com aduelas é uma delas. Estão programadas para o mês de abril a realização do serviço em ruas dos bairros Cidade Nova, Santa Inês e Lírio do Vale.  Já nas ruas Estrela do Mar, localizada no Conjunto Cidadão IX e Alfredo Valois, no Conjunto Hiléia, bairro Redenção, os serviços serão de contenção com rip-rap. Ambos os trabalhos têm a finalidade de melhorar o escoamento e evitar futuros alagamentos. Todos os serviços programados para os próximos dias serão realizados por meio de administração direta.

Até o final do mês de abril, ao menos 12 ruas da cidade receberão obras de drenagem profunda, com a implantação de tubos que irão dar vazão às águas pluviais e solucionar permanentemente o problema de alagamento nos bairros Monte das Oliveiras, Parque das Laranjeiras, Jorge Teixeira, Colônia terra Nova, Cidade de Deus e Nova Cidade.

Além dos serviços de drenagem, mais de dez pontos por onde passam os igarapés do Mindú, Gigante, Franceses, Redenção, Bindá e Tarumã serão contemplados com obras de dragagem para a retirada de entulhos, materiais sólidos e sedimentos, como o lodo e areia do fundo de corpos d’água. Dessa forma, o igarapé é desassoreado, aumentando a profundidade e evitando o acúmulo de lixo e, consequentemente, alagamentos no período de chuva.

Roberto Brasil