Prefeitura lança exposição ‘Memorial Thiago de Mello’

By -
A ternura faz parte da beleza e da cultura humana, destacou Thiago de Melo

A ternura faz parte da beleza e da cultura humana, destacou Thiago de Melo

Em julho, Manaus ganhará mais uma programação cultural. Desta vez, voltada às artes plásticas e à literatura. Trata-se da exposição “Memorial Thiago de Mello”, no Paço Municipal, no Centro Histórico, composta por 30 quadros de renomados artistas, doados ao Município pelo poeta, além de painéis e um busto em homenagem ao ícone da literatura regional.

A exposição será promovida pela Prefeitura de Manaus, por meio da Fundação Municipal de Cultura, Turismo e Eventos (Manauscult). Nesta segunda-feira, 22, o prefeito Arthur Virgílio Neto recebeu o literário para agradecer a doação das peças. “Thiago de Mello é um dos maiores poetas de seu tempo no mundo e uma das glórias da literatura latino-americana. Uma figura generosa e que nos doou todo esse acervo de obras valiosíssimas. Esse memorial será uma grande homenagem do povo de Manaus a esse poeta que é maior que sua poesia”, afirmou o prefeito.

artur-e-thiago-melo-3Na exposição, o público poderá ver, pela primeira vez, a escultura de Bruno Giorgi, que retrata o rosto de Thiago de Mello. Entre os quadros, que já estão disponíveis para visitação no Paço Municipal, estão obras de Bernadete Andrade, Rita Loureiro, Joan Miró, Alfredo Volpi, Luis Felipe Noé, entre outros. As telas foram doadas há dois anos e fazem parte do acervo da Manauscult.

“Essa mostra será a pedra fundamental da nossa Pinacoteca Municipal que, após as obras do PAC Cidade Históricas, será criada no prédio da antiga Câmara Municipal, abrigando essas e outras obras que nos foram doadas”, explicou o diretor-presidente da Manauscult, Bernardo Monteiro de Paula.

artur-e-thiago-melo-4Thiago de Mello lembra que o Paço Municipal foi restaurado na gestão passada, mas que agora ganha vida com as atividades culturais que estão atraindo as pessoas de volta para o Centro Histórico de Manaus. Para ele é uma honra contribuir com a reocupação do local que representa a identidade da capital amazonense.

“Eu aprendi com a minha mãe que é sempre melhor dar do que receber, porque quem dar, se prolonga na alegria de quem recebe”, comentou o poeta. “Assim como a cultura não é somente arte, a ternura faz parte da beleza e da cultura humana. O Paço Municipal é, sem dúvida, uma casa da ternura humana”, finalizou Thiago de Mello.

artur-e-thiago-melo-2A exposição “Memorial Thiago de Mello” ainda não tem data definida para ser aberta ao púbico, pois depende da agenda do homenageado, mas a expectativa é que ocorra a partir da segunda quinzena de julho, quando Thiago de Mello terá concluído o lançamento do seu último livro de poesias em São Paulo (SP).

Roberto Brasil