Prefeitura inicia recapeamento de corredor que vai do Parque 10 ao Parque das Laranjeiras

By -

17-05-2016-Fresagem-AV Tancredo Neves-Parque Dez _ Fotos-Alexandre Fonseca (1)

A avenida Tancredo Neves, no bairro Parque 10 de Novembro, um dos principais corredores viários de ligação entre as zonas Centro-Sul e Norte de Manaus, começou a receber na terça-feira, 17, os serviços de recapeamento asfáltico. Para  evitar transtornos no trânsito, os trabalhos estão sendo executados a partir das 22h, pela Prefeitura de Manaus. O primeiro trecho a receber as obras compreende a rotatória do Mindu até a rua Visconde de Porto Seguro, no Parque das Laranjeiras.

Nesta primeira etapa, serão mais 1,8 quilômetros de via recapeadas. Os serviços começaram com fresagem da pista com a retirada da massa asfáltica desgastada, e em seguida será feita a recomposição da base com uma nova camada de massa. A previsão é que os trabalhos no local durem até 30 dias. O secretário de Infraestrutura Alexandre Morais, explicou que os trabalhos serão semelhantes aos que foram executados em outras vias de grande fluxo, no ano passado.

17-05-2016-Fresagem-AV Tancredo Neves-Parque Dez _ Fotos-Alexandre Fonseca (2)

“Estamos efetivamente dando início às obras de verão para este ano. Na Tancredo Neves o trabalho foi dividido em duas etapas. Primeiro, o serviço de fresagem com a retirada do asfalto desgastado e, em seguida, a aplicação  de um novo asfalto. Esses serviços são necessários, pois essa é uma área de convergência do Parque 10” destacou. “No ano passado realizamos um trabalho semelhante na rotatória do Mindu. Esse tipo de obra proporciona melhores condições de acesso aos condutores e segurança para os pedestres”, explicou.

17-05-2016-Fresagem-AV Tancredo Neves-Parque Dez _ Fotos-Alexandre Fonseca (3)

A recomposição asfáltica faz parte de ações da prefeitura para levar melhorias aos principais corredores viários da cidade. Para o taxista, Alessandro Dias, a avenida Tancredo Neves estava mesmo precisando de reparos, pois é uma via de grande fluxo de veículos, o que acaba comprometendo a pista de rolamento.

“Há muitas ondulações e desníveis nessa rua, o que já estava tornando o tráfego de veículos muito perigoso, tanto para motoristas quanto para pedestres”, disse. Para ele, a escolha do horário para a realização dos serviços é um acerto da prefeitura. “É um horário adequado tanto para os trabalhadores que lidam com o asfalto quente e, dessa forma podem fugir um pouco do calor, quanto para os motoristas que não irão enfrentar engarrafamentos provocados pelas obras”, justificou.

As ações noturnas contam com o apoio do Instituto Municipal de Engenharia e Fiscalização do Trânsito (Manaustrans) na orientação dos motoristas, mas o fluxo de veículos não precisou ser alterado.

Mario Dantas