Prefeitura entrega UBS Vila da Prata nesta segunda-feira, 5

By -

semsa-manausA Prefeitura de Manaus entrega nesta segunda-feira, 5, a Unidade Básica de Saúde (UBS)da Vila da Prata, zona Oeste, totalmente reformada para atender 100% dos moradores do bairro e parte do São Jorge. A inauguração está marcada para às 11h, na Rua Ademar de Barros, s/n,Vila da Prata.

 “Com a reforma, o espaço passa a oferecer à população um ambiente mais acolhedor, voltado para a política de humanização, e a equipe ganha, também, com melhores condições de trabalho, resultando em maior resolução das atividades”, destacou o secretário municipal de saúde, Homero de Miranda Leão Neto.

Esta é a quarta obra pela qual a UBS passa. As duas primeiras ocorreram na década de 90 e a anterior foi em agosto de 2004. Com a atual reestruturação, a UBS Vila da Prata irá contar com recepção, direção, arquivo, espaço saúde, dois consultórios médicos, três de enfermagem e um odontológico, farmácia, copa, almoxarifado, depósito, cinco banheiros, além de salas de espera, curativo, raio x, nebulização, vacina, lavagem, esterilização, procedimento, coleta e espaço de apoio para os Agentes Comunitários de Saúde (ACS).

Três clínicos-gerais, três enfermeiros, três cirurgiões dentista, além de 20 ACS, três técnicos em enfermagem, três técnicos de saúde bucal e três de patologia clínica irão compor a equipe que irá atuar na UBS. “Serão 52 profissionais no total, divididos em três equipes da modalidade Estratégia Saúde da Família. Teremos uma cobertura de 100% do bairro e, ainda, atenderemos uma parte do São Jorge, totalizando 12.725 pessoas”, explicou o secretário.

Dentre os serviços oferecidos pela UBS Vila da Prata, que irá funcionar de segunda à sexta-feira, das 6h às 18h, estão as consultas com clínico geral e enfermeiro, atendimento odontológico, imunização, curativo, inalação, dispensação e administração de medicamentos, coleta de material para exames, acompanhamento dos usuários do Programa Bolsa Família; marcação de exames e consultas com especialidades (Sisreg) e visitas domiciliares.

A promoção à saúde e prevenção de doenças, voltadas às necessidades daquela população, será reforçada por meio de programas relacionados à saúde do homem/idoso/mulher/criança e do adolescente, hiperdia, assistência pré-natal, prevenção de câncer de colo do útero e mama, planejamento reprodutivo, controle da tuberculose/tabagismo/hanseníase e profilaxia da raiva.

Roberto Brasil