Prefeitura de Presidente Figueiredo lança processo seletivo com salários de até R$ 3,7 mil

By -

A Prefeitura Municipal de Presidente Figueiredo (PMPF) vai realizar um processo seletivo simplificado temporário que contratará cerca de 241 profissionais para atuarem na área da educação no município. O edital de número nº 002/2017 é destinado para professores, fonoaudiólogos, cozinheiros e auxiliar de serviço gerais, cujo salários variam de R$ 937,00 a R$ 3.772,40.

O processo seletivo será promovido com intuito de reforçar o quadro de professores e outros servidores da Secretaria Municipal de Educação (Semed), conforme explica a titular da pasta, Blenda Abrahão. “O objetivo é suprir as necessidades de professores. A maior parte das vagas será destinada a atender à área rural, sendo 171 para as escolas das comunidades e 70 para a sede do município”, informou.

Blenda explicou ainda que 2% do total de vagas será oferecida para pessoas com deficiência física, que poderão participar do processo, desde que a deficiência de que são portadoras seja compatível com as atribuições da função desejada.

Vagas

As 241 vagas serão distribuídas para os cargos de professor fundamental I, professor de Língua Portuguesa, professor de Matemática, professor de Ciências, professor de Geografia, professor de História, professor de Língua Inglesa, professor de Educação Física, professor de Informática, fonoaudiólogo e auxiliar de serviços gerais.

Inscrições

As inscrições serão realizadas gratuitamente no período de 28 a 29 de agosto de 2017, das 8h às 14h, no Centro de Inclusão Digital, localizado na Rua Paracuíba, bairro Honório Roldão, em Presidente Figueiredo.

Os interessados deverão apresentar cópias legíveis dos seguintes documentos: curriculum vitae com foto; documento de identidade com foto (frente e verso); Cadastro de Pessoas Físicas CPF; comprovante de escolaridade mínima exigida para a função pretendida; comprovante de experiência profissional no cargo pretendido; ficha de inscrição, devidamente preenchida de forma legível – não podendo haver emendas ou rasuras, e assinada pelo próprio candidato.

O processo seletivo terá prazo de validade de um ano, a contar da data homologação do resultado final, podendo ser prorrogado, por igual período, por decisão do chefe do Poder Executivo Municipal.

*Com informações da assessoria

Roberto Brasil