Prefeitura de Manicoré entrega rede elétrica, motor de luz e paga subvenção da borracha na Zona Rural

By -

manicore-zona-rural-comunidadeNa sexta feira (29) na Zona Rural parte de cima do município de Manicoré. O Governo Municipal junto com sua equipe de trabalho esteve presente em 3 comunidades e na ocasião o prefeito Municipal Lúcio Flávio do Rosário (PSD) entregou:

manicore-zona-rural-bom-suspiro 02NA COMUNIDADE DE VISTA NOVA – RIO MARMELOS:  uma casa de força nova com um grupo gerador de energia de 27 KVA, além da recuperação de toda rede de energia daquela comunidade.

manicore-zona-rural-bom-suspiro 01DISTRITO DE BOM SUSPIRO No Distrito de Bom Suspiro a prefeitura municipal através da Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável (Semads) efetuou o pagamento da Subvenção Municipal da Borracha para 116 seringueiros da Associação Agroextrativistas de Bom Suspiro – SPACOBS relativos à produção do ano de 2014. Em seguida foi entregue ao Distrito Polo mais uma Ambulancha comprada e equipada com recursos próprios na ordem de mais de R$ 34 mil reais com motorista profissional e cota de gasolina para 3 viagens. A mesma segundo o Secretário Municipal da Semsa Yuri Reis que também esteve nessa viagem, disse que essa já são a 12ª Ambulancha entregue nas comunidades polos, elas servirão para uso específico de emergência no transporte de doentes para a sede, tudo para facilitar e tornar mais rápido o socorro ao doente que necessitar ser transportado em busca de recursos na sede do município.

manicore-zona-rural-ambulancha-02VARADOURO MOREIRA O Prefeito e sua equipe entregaram mais um Motor de Luz de 13 KVA com gerador de 6 e a revitalização da rede de energia da comunidade que ao longo de vários anos precisa da mão amiga do governo municipal.

manicore-zona-rural-motor-de-luzPara o prefeito Lúcio Flávio, todas essas ações, fazem parte de um projeto em parceria com os comunitários onde as comunidades através de seus moradores participaram e reivindicaram nos encontros de lideranças que foram feitos no início de seu governo, e que se discutia os meios de melhorias para as comunidades. “É claro que nem tudo foi feito, mas que ainda tem tempo para tentarmos resolver aquilo que estiver no nosso alcance” disse Lúcio Flávio.

 

Roberto Brasil