Prefeitura de Figueiredo leva Ação de Cidadania às comunidades ribeirinhas do Rio Uatumã

By -

R2“Nossa administração tem buscado fazer uma gestão próxima da população, trazendo os serviços de saúde e atendimento social até as comunidades. Isso ameniza até os gastos que os agricultores teriam que fazer com passagens. Este projeto veio para trazer mais cidadania aos moradores das localidades mais distantes”, disse o prefeito Neilson Cavalcante sobre as realizações do Projeto Braços Dados, que vem atuando de forma positiva em relação à população da Terra das Cachoeiras, e, que não tem medido esforços para levar cidadania às comunidades mais distantes.

R4Durante três dias os moradores das comunidades de Macacaboia, Maracarana e Bela Vista, todas situadas na região do Rio Uatumã, receberam diversos serviços do Projeto Braços Dados, entre eles: emissão de carteiras de identidade (RG), Carteira de Trabalho (CTPS), Certidão de Nascimento e Previdência Social (CTPS); e cadastro para o acesso ao programa Bolsa Família.

R8A ação mobilizou diversas estruturas da Prefeitura Municipal de Figueiredo como as Secretarias de: Assistência Social e Cidadania; Desenvolvimento Agrícola; Cultura e Eventos; Esportes; Saúde; Educação, Instituto de Desenvolvimento Agropecuário e Florestal Sustentável do Amazonas (IDAM), entre outros.

R10Entre os vários serviços ofertados pelo Projeto, os moradores das comunidades, localizadas no entorno do Rio Uatumã, também foram beneficiados com atendimentos nas áreas de saúde, educação, meio ambiente e puderam participar de diversas atividades esportivas como assistir a filmes por meio do ‘Cine na Comunidade’, projeto da Secretaria de Cultura do Município.

R6Somente na área da saúde foram realizadas centenas de atendimentos entre consultas, vacinação e distribuição de remédios por meio da Central de Medicamentos do município. A Secretária Municipal de Assistência Social e Cidadania (SEMASC) levou os serviços de orientação e cadastramentos de programas sociais, atendimento psicológico e atividades recreativas para as crianças.

R15A moradora da localidade, Maria Raimunda de Souza Lima aproveitou para trazer os filhos no médico e no dentista. Segundo a agricultora, estes serviços facilitam a vida dos moradores, pois se tivesse de ir à sede do município, ela gastaria mais de R$ 200 reais com combustível, e ressaltou, “É uma bênção receber esta ação aqui na nossa comunidade! Em poucas horas passamos no médico, no dentista e aproveitamos para cortar o cabelo das crianças. Aproveitei também para fazer a limpeza nos meus dentes”. comentou D. Maria, feliz por ter aproveitado a ação.

R11De acordo com a Secretaria de Assistência Social e Cidadania, Thalyta Gonella, os moradores da Zona Rural precisam ter uma assistência especial. “Nas comunidades do Rio Uatumã, os atendimentos realizados superou nossas expectativas, e os moradores desta região estão dentro dos critérios das assistências. É muito gratificante estar nestas comunidades, ser bem recebido e levar atendimentos para essas pessoas que tanto precisam. Essa é a maior recompensa”, comentou a secretaria. (David Almeieda – Fotos: André Amazonas)

Roberto Brasil